Arquivos do Blog

Governo de Pernambuco abre edital para Funcultura 2016

funcultura-quadrado

O ano começa com uma notícia bastante animadora. O Governo de Pernambuco lança os editais gerais e audiovisuais para o Funcultura 2015/2016, através da Secult-PE e da Fundarpe. Serão R$ 20 milhões em incentivos para as diversas manifestações culturais como Artesanato, Artes plásticas e gráficas, Circo, Cultura Popular, Dança, Design e Moda, Fotografia, Gastronomia, Literatura, Música, Ópera, Patrimônio e Teatro, além de quase R$ 20 milhões no Audiovisual, nas categorias de longa-metragem, curta-metragem, produtos para televisão, difusão, formação, pesquisa, preservação, cineclubismo e Revelando os Pernambucos. O Fundo Estadual de Incentivo à Cultura de Pernambuco, o Funcultura PE, atingiu em 2015 um recorde ao executar mais de R$ 31 milhões em pagamentos a produtores independentes, remando contra a maré da crise. O prazo de inscrição dos projetos audiovisuais será de 1º de fevereiro a 19 de fevereiro de 2016, enquanto dos demais setores culturais será de  26 de fevereiro a 28 de março de 2015.

Leia o resto deste post

Confira os finalistas ao prêmio Jabuti 2015. Destaque para Chico Buarque

Chico Buarque

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) divulgou na última quinta-feira (22), as obras selecionadas da primeira fase do 57º Prêmio Jabuti. Em cada uma das 27 categorias do prêmio, foram anunciados 10 indicados, destacados do universo de 2.573 obras inscritas. Duas novas categorias ganharam espaço esse ano. Livro Infantil Digital e Adaptação em Quadrinhos. Chico Buarque e seu livro Irmão Alemão surge entre os indicados a Melhor Romance como um dos favoritos e repete a disputa pelo prêmio Oceanos 2015 de Portugal (leia mais aqui), ao lado de Cristovão Tezza, de O Professor. Entre os primeiros indicados a Adaptação, destacam-se Grande Sertão: Veredas, de Guazzelli e Rodrigo Rosa, Os Sertões e Outras Linhas, de Paulo Barreto e O Guarani em Cordel, de Klévisson Viana. Para Biografia, concorrem o Senador José Serra, de Cinquenta Anos Esta Noite e o cineasta Cacá Diegues, de Vida de Cinema. João Ubaldo Ribeiro, de Noites Lebloninas, concorre na categoria Contos e Crônicas com Ivana Arruda Leite, de Cachorros, também indicada ao Oceanos 2015. Entre os livros infantis, Ziraldo concorre com Um Menino chamado Raddysson e Mais os Meninos de Portinari e Stella Maris Rezende, com A Poesia da Primeira Vez. Ziraldo também concorre com Flicts, na nova categoria Infantil Digital. Em 19 de novembro, serão anunciados os três finalistas de cada categoria. A entrega dos prêmios será em 03 de dezembro, quando serão anunciados os principais vencedores de Livro do Ano de Ficção e do Livro do Ano de Não Ficção. Os vencedores de cada categoria receberão 3.500 reais, já os autores dos Livros do Ano levam um prêmio mais robusto, R$ 35 mil reais cada.

Confira a relação completa dos indicados ao prêmio literário Jabuti 2015:

Leia o resto deste post

Projetos culturais interessantes e bem sucedidos no Catarse

catarse-logo

A Internet facilitou o caminho para um método viável de financiamento de projetos em que uma proposta é divulgada. Aqueles, com capital para investir e que acreditam na ideia, podem colaborar com seu dinheiro. A soma da colaboração de todos, resulta no capital necessário para concretizar o projeto, numa espécie de vaquinha virtual, chamada de financiamento coletivo, tradução da expressão original, Crowdfunding. O primeiro site criado como plataforma de financiamento, o Artistshare, em 2003, mostrou resultados e, com o tempo, muitos outros sites adotaram o método, como os populares KickstarterIndiegogo e Rockethub. No Brasil, a primeira plataforma começou a atuar em 2011, a Catarse. O site chegou a movimentar mais de R$ 8 milhões, apenas no ano passado. Outros sites nacionais como KickanteBenfeitoria e Juntos Com Você criam oportunidades de realização de projetos em diversos segmentos. Tem até o divertido Vakinha. O Catarse, dedicado a projetos culturais, permitiu tornar realidade, mais de 1900 projetos seja de arquitetura, cinema, literatura, quadrinhos, educação, fotografia, jornalismo, meio ambiente, música, teatro, jogos, eventos. No momento, mais de 250 projetos estão em aberto na plataforma, buscando o interesse de potenciais investidores.

Leia o resto deste post

Quatro jovens escritoras brasileiras lançam o livro Um Ano Inesquecível

Ano Inesquecível - Quatro

O livro Um Ano Inesquecível reúne jovens escritoras brasileiras talentosas em quatro contos que representam as estações do ano, numa proposta ousada da Editora Gutenberg. Paula Pimenta, da série Fazendo Meu Filme e Minha Vida Fora de Série, Bruna Vieira, de livros como De Volta aos Quinze, De Volta aos Sonhos, Babi Dewet, da trilogia Sábado à Noite, e Thalita Rebouças, a mais popular, da série de livros Fala Sério, Ela Disse, Ele Disse, 360 Dias de Sucesso, Era uma Vez, Minha Primeira Vez, desenvolveram esse projeto coletivo lançado em agosto. Nos últimos anos, as autoras conquistaram o sucesso junto ao público adolescente e a expectativa, com o novo lançamento, será atrair os leitores sedentos por novas e emocionantes histórias.

Leia o resto deste post

Os escritores mais bem pagos de 2015, segundo a revista Forbes

wrote-for-money

A Revista Forbes, especializada em negócios, publicou a lista dos escritores que mais lucraram em 2015, com base em dados estatísticos e estimativas de especialistas. Todos da lista são autores são norte americanos e tiveram muitos de seus livros adaptados para a TV ou para o cinema, ampliando seus lucros. Quem não gostaria de entrar nesta lista? Conheça os escritores mais lucrativos de 2015:

James Patterson – US$ 94 milhões

Mestre de livros de suspense e policial norte americano. Mais conhecido por sua série sobre o psicólogo forense Alex Cross com 21 livros como Na Teia da Aranha e O Beijo da Morte, ambos adaptados para as telas. Ao todo, suas histórias serviram de base para 10 adaptações. O autor também é responsável pelas séries Mulheres Contra o Crime, com 13 livros, a série da Agência Internacional de Investigação, com 8 livros, a série Bruxos e Bruxas, com 4 livros e mais 66 livros de tramas independentes. Seu primeiro livro, Thomas Berryman Number, publicado em 1976, ganhou o prêmio Edgar. Nos últimos anos, seus romances já venderam mais cópias do que os de Stephen King, John Grisham e Dan Brown juntos.

###

Stephen King – US$ 39 milhões

Mestre do terror, o escritor norte americano veterano escreve por décadas e lançou diversas obras icônicas como O Iluminado, Carrie, a Estranha, Na Hora da Zona Morta, O Cemitério. Seus livros venderam mais de 350 milhões de cópias e suas principais obras foram adaptadas com sucesso para o cinema e como séries de TV. King começou a escrever desde jovem, mas uma de suas primeiras idéias, uma moça jovem com poderes psíquicos, ele descartou. Sua esposa, Tabitha Spruce, resgatou os esboços do lixo e o encorajou a voltar a escrever sobre isso. Após terminar o romance, ele o intitulou Carrie e mandou para a editora Doubleday que pagou ao autor, uma ninharia. Mas o livro fez um grande sucesso, permitindo iniciar a carreira de escritor. Embora seja especialista do gênero terror, seus romances dramáticos renderam filmes também cativantes e populares junto ao público, como Conta Comigo (86), Um Sonho de Liberdade (93), A Espera de um Milagre (99). Seu romance de ficção científica Sob o Domo, rendeu uma série de TV e o livro A Torre Negra, saga escrita em sete volumes, será adaptada para o cinema. Leia o resto deste post

Feliz Dia dos Pais – Pais Marcantes da Literatura

Pais Literatura

No dia dos Pais, conheça os pais marcantes da literatura e a maneira como as atitudes paternas influenciam os filhos e aqueles ao seu redor, para o bem ou para o mal.

Um Conto de Natal – Charles Dickens (1843) – Bob Cratchit é o pobre empregado do sovina Ebenezer Scrooge. Apesar da vida humilde, Bob é feliz com a sua família. Pai de quatro filhos, ele cuida de todos e tem um carinho especial pelo frágil Pequeno Tim. Sua família torna-se uma lição para o velho Scrooge.

As Crônicas de Gelo e Fogo – Guerra dos Tronos – George RR Martin (1996) – Lorde Eddard Stark, líder do clã do norte, mantem sua família nas dependências de Winterfell, a esposa, duas filhas e dois filhos, além de um filho bastardo. Nomeado conselheiro do Rei Robert Baratheon, Eddard é inserido, sem querer, na guerra dos tronos, uma sangrenta disputa pelo poder entre diferentes famílias. Ele paga um preço caro por isso, selando seu destino, o da esposa e de todos os seus filhos. Mesmo quando dispersos, seus filhos seguem rumos distintos e fazem escolhas com base na influência paterna.

O Diário de Anne Frank – Anne Frank (1947) – Obra autobiográfica escrita pela jovem judia Anne Frank, entre 1942 e 1944. A família toda ficou escondida numa casa de Amsterdã, durante a ocupação nazista nos Países Baixos. O diário chegou nas mãos de Otto H. Frank, pai de Anne, depois da confirmação da morte da filha em um campo de concentração nazista em 1945, com a idade de 15 anos. Otto decidiu publicar o livro em 1947, com as memórias da filha, a vida em família e o período em que passaram escondidos até serem descobertos e presos pelos nazistas. Otto foi o único dos escondidos que sobreviveu no campo de concentração.

Leia o resto deste post

Clássico da literatura revisitado no trailer de Gemma Bovery – A Vida Imita a Arte (2014)

Parceria entre Editora Livronovo e o Bookstart mostram alternativas para novos escritores

livronovo-bs

Parceria entre a editora Livronovo e a plataforma de financiamento coletivo Bookstart (crowdfunding) foi anunciada tendo o objetivo de oferecer soluções para viabilizar o lançamento de novos livros e novos autores. Como fruto da parceria, a plataforma permite a divulgação do projeto do novo livro, estabelecendo metas e valores de financiamento a ser coletado junto com o público visitante, seguindo a linha de outras plataformas já tradicionais no Brasil como CatarseKickanteBenfeitoriaJuntos Com VocêBicharia e Queremos. A diferença é que o Bookstart é exclusivo para financiar a publicação de novos livros. O autor pretendente envia o projeto. Quando o mesmo é aprovado para divulgação na plataforma, o autor terá 60 dias para movimentar sua base de amigos e apoiadores, de modo a conseguir a meta para a verba necessária.

Leia o resto deste post

Biblioteca Nacional abre inscrições para Prêmio Literário 2015

Prêmio-Biblioteca-Nacional

Atenção, escritores. A Biblioteca Nacional, responsável pelo registro de direitos autorais dos escritores brasileiros, lançou edital para o Prêmio Literário 2015, em nove categorias. Romance, poesia, conto, ensaio social, ensaio literário, tradução, projeto gráfico, literatura infantil e literatura juvenil. Apenas livros inéditos publicados no Brasil, entre 1º de maio de 2014 a 30 de abril de 2015, em língua portuguesa, poderão concorrer e serão julgados por critérios de qualidade intelectual, técnica, estética, originalidade, contribuição à cultura nacional, qualidade linguística da tradução (Categoria de Tradução) e criatividade no uso de recursos gráficos (Categoria de Projeto Gráfico). Concedido há mais de 20 anos pela Instituição, o prêmio tem o objetivo de estimular a pesquisa e a criação literária no país, com inscrições abertas até 10 de setembro.

Leia o resto deste post

Pernambuco destaca literatura nordestina no evento 1ª Fenelivro em agosto

fenelivro

Meses antes da nova Bienal do Livro aportar no Recife, a cidade das pontes terá um novo e promissor evento literário com força para se consolidar no calendário cultural da região. A 1ª Fenelivro – Feira Nordestina do Livro, prevista para iniciar em 25 de agosto, no Centro de Convenções Pernambucano. O evento gratuito será organizado pela Associação do Nordeste de Distribuidores e Editores de Livros (Andelivros) e Câmara Brasileira do Livro (CBL), em parceria com a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), aproveitando para celebrar os cem anos da Imprensa Oficial do Estado. A programação está sob a curadoria do jornalista Evaldo Costa. A primeira edição do evento, que promete ser anual, contará com cerca de 80 convidados de destaque – incluindo nomes da Europa e dos EUA. O objetivo será tornar o Recife, uma Meca da literatura no Brasil. Para isso, os organizadores contam com o apoio da Câmara Brasileira de Livro (CBL) e da Associação Brasileira de Difusão do Livro, que garantirá a adesão de editoras de todo o País, com mais de 200 confirmadas.

Leia o resto deste post

Inscreva seu romance no Prêmio São Paulo de Literatura 2015 – Inscrições abertas

Prêmio SP 2015

A oportunidade bate a porta até o dia 19 de agosto, quando encerram as inscrições para concorrer ao Prêmio São Paulo de Literatura, promovido pelo Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria de Cultura. Poderão se inscrever autores e editores com romances publicados em 2014, entre as categorias Melhor Livro do Ano, Melhor Livro do Ano – Autor Estreante – Mais de 40 anos e Melhor Livro do Ano – Autor Estreante – Menos de 40 anos. É a maior premiação do país dedicada aos escritores, com um montante total previsto de R$ 400 mil reais. Sendo R$ 200 mil para o autor vencedor da categoria Melhor Livro do Ano e R$ 100 mil para cada um dos autores vencedores nas categorias estreantes. O foco do prêmio, desde sua criação em 2008, é estimular a criação literária, incentivar a leitura e fomentar a publicação de novos autores, seguindo o modelo do prêmio britânico Booker Prize.

Leia o resto deste post

Festa Literária Internacional de Paraty – Flip 2015 – Marcada pela crise e por uma ausência

A Flip 2015 ocorre na cidade de Paraty, sul do Rio de Janeiro

A Flip 2015 ocorre na cidade de Paraty, sul do Rio de Janeiro

Um dos mais importantes eventos literários do Brasil e da América do Sul, acontece na cidade de Paraty, no sul do Rio de Janeiro, no período de 01 a 05 de julho. É a Festa Literária Internacional de Paraty – Flip 2015. A edição, esse ano, faz uma homenagem ao autor Mário de Andrade de múltiplos talentos. Poeta, escritor, crítico literário, musicólogo, folclorista, ensaísta brasileiro. Mário foi um dos pioneiros da poesia moderna brasileira com a publicação de seu livro Pauliceia Desvairada em 1922.

Leia o resto deste post

Primeiros passos para um escritor publicar seu livro – Registrar o ISBN

ISBN_Detalhes

Depois do escritor tirar o registro de Direitos Autorais de sua obra, como visto aqui, o passo seguinte deveria ser registrar o ISBN (Internacional Standard Book Number / Número Padrão Internacional de Livro). Um sistema identificador único para livros e publicações não-periódicas que tornou-se um padrão utilizado globalmente. O objetivo da numeração é a identificação numérica de um livro, segundo seu título, autor, país (ou código de idioma) e a editora, individualizando inclusive edições diferentes de uma mesma obra. Portanto, cada publicação impressa, software e livro eletrônico deve ter seu registro. As revistas não são aceitas para registro do ISBN. Para as revistas é atribuído o ISSN, (International Standard Serial Number / Número Padrão Internacional para Publicações Seriadas). Conheça a relação de publicações que recebem o ISBN aqui e a relação de publicações que não recebem o ISBN aqui.

Onde solicitar o ISBN de uma obra no Brasil?

Na Agência Brasileira do ISBN, entidade da Biblioteca Nacional (BN), localizada no Rio de Janeiro, responsável por gerenciar e atribuir o número de identificação aos livros editados no país. Qualquer livro vendido em Livrarias ou disponível em Bibliotecas no Brasil deve apresentar o registro do ISBN, identificado juntamente com o código de barras. O autor ou editor pode fazer a solicitação do ISBN, sendo um registro para cada obra, desde que esteja cadastrado junto a Agência. Em Portugal, a entidade responsável é a Agência Portuguesa do ISBN (APEL).

O que significa a composição dos números do ISBN?

Prefixo para o Brasil de 978 e 979. Os registros do ISBN antes, mantinha uma numeração de 10 dígitos. Desde 2007, a numeração passou a ter 13 dígitos e foi adotado o prefixo 978 e 979 no Brasil como complementação, permitindo a ampliação da capacidade de registro de obras no pais, devido ao aumento no quantitativo de edições publicadas, principalmente, no contexto atual, de facilidade dos processos de publicação de livros impressos e eletrônicos e de difusão através da Internet;

Identificador de grupo linguístico ou nação. No Brasil, é 85. Para se ter uma ideia, os identificadores de grupo com um dígito são: 0 ou 1 para países de língua inglesa; 2 para a língua francesa, 3 para a língua alemã, 4 para o Japão, 5 para a língua russa, 7 para a República Popular da China. Enquanto o Brasil é 85, Portugal fica com o 972.

Leia o resto deste post

Primeiros passos para um escritor publicar seu livro – Registrar os direitos autorais

internet01

Para um escritor no Brasil com um livro pronto, digital ou impresso, ansioso para disponibilizar sua obra para o público leitor, em busca de uma editora tradicional ou de autopublicação, ai vai um conselho importante. Não mostre sua obra a ninguém ou não encaminhe para nenhuma empresa, antes de tirar os direitos autorais. Somente após resolvida a questão dos direitos do autor, o passo seguinte será realizar o cadastro para retirar o ISBN (Internacional Standard Book Number / Número Padrão Internacional de Livro). Os procedimentos para isso são relativamente simples e com custos acessíveis. O registro do direito autoral é necessário para evitar que sua obra seja plagiada ou garantir que haja algum tipo de compensação para o autor original, em casos de plágio. Além disso, o registro da obra é fundamental para registrar o ISBN, independente de ser uma obra digital ou impressa. Por outro lado, o registro da obra não é obrigatório para o autor. É uma questão de escolha.

Imagine que você escreve o próximo livro com potencial de sucesso equivalente a saga de Harry Potter e publica através de editora, blog, plataforma de autopublicação, rede social de escritores, etc, mas sem tirar os direitos autorais. O livro começa a fazer sucesso, gerar audiência, comentários, indicações, boca-a-boca, entrevistas, vender exemplares, chamar a atenção da imprensa, da mídia, ganhar prêmios (sonhar não custa nada). Então, vem um Zelelé sabichão, de uma dessas cidades tipo Marapominga qualquer, que ninguém sabe onde fica (essa, porque não existe). O tal Zelelé tira os direitos autorais de sua obra e te processa porque ele registrou na sua frente e, claro, a lei estará do lado do Zelelé, confiando que ele seja o autor da obra, exigindo e retirando de você todos os louros, fama, fortuna e sucesso, resultante da obra que, na verdade, é sua. Já era. Mas a solução não está longe.

Leia o resto deste post

Recife celebra a literatura com o evento gratuito Abril Pro Livro II

Abril Pro Livro 2015 Mais

O Recife, hoje (25/04), celebra a literatura em grande estilo. Com apresentações musicais, recital poético, exposições, oficinas, troca de livros usados, contação de histórias, no evento especial Abril Pro Livro, ano II, na tradicional Praça do Sebo, no bairro de Santo Antônio, área central da cidade, a partir das 09 horas. O evento é o braço literário do Abril Pro Rock que celebra 20 anos, no Chevrolet Hall, em Olinda, organizado pela Literáxia Produções Culturais, com o objetivo de reunir escritores, poetas, músicos e artistas diversos para festejar a literatura e a sua ligação em outros segmentos, além de divulgar e valorizar a Praça do Sebo, conhecida pelo polo cultural livreiro que oferece livros novos e usados vendidos a preços acessíveis. O evento tem entrada gratuita e trará convidados como Flavioleta e André Arribas. A estátua do poeta Mauro Mota já se encontra ansiosa à espera do público para o evento.

Leia o resto deste post

Festival da Literatura Pernambucana destaca Ariano Suassuna

Riomar Literatura

Na próxima terça, dia 17/03, o Shopping RioMar Recife promove junto com a Livraria Cultura, o Terceiro Festival de Literatura Pernambucana, um evento gratuito que promete agitar a cidade ao longo de três dias com debates e palestras, reunindo artistas, profissionais locais e representantes de Academias de Letras do Nordeste. Destaque para a homenagem ao dramaturgo e romancista Ariano Suassuna.

Leia o resto deste post

Trajetória do Cordel através dos tempos

Caracteres

 

Da Europa ao Nordeste Brasileiro; das trovas aos cordéis virtuais.

“O Cordel é expressão em poesia,
Do artista que vem do interior
E expõe seus problemas, sua dor,
Arquiteta a própria mitologia,
Num resgate a sua cidadania,
Seduzir através de seu repente,
Usa crítica em tom irreverente,
Num trabalho tão rico e atrevido,
O cordel corre sangue nordestino,
Tem a alma do povo e a voz da gente”.

Fiapo de Cordel em estilo Martelo Agalopado – Ronilson Araújo.

Fruto da Europa, quando trovadores na Idade Média divulgavam velhas histórias nas praças, em textos memorizados e cantadas por cegos em troca de esmola, as chamadas Folhas Soltas se consolidaram na Península Ibérica, para ressurgir depois como Romanceiro Peninsular, romances de cavalaria que contavam as epopéias do rei Carlos Magno e dos Doze Pares de França ou de Amadis de Gaula. Narrativas de heroísmo, guerra, amor, viagens e conquistas marítimas, além de fatos do cotidiano, eram os temas preferidos do público. Trazidas para o Brasil no século XVII, na bagagem dos colonos portugueses e espanhóis, as histórias eram decoradas por quem sabia ler, transmitida de forma oral e transformada pela memória do povo.


Escala: Rio de Janeiro
“Apesar de ter se originado em Portugal, sempre vejo o cordel como uma coisa brasileira”, afirma Samuel Grillo, 23 anos, morador do Rio de Janeiro. Ele teve seu primeiro contato com o Cordel ainda no Ginásio. Apesar de nunca ter comprado nenhum livreto, já ganhou alguns títulos de presente e sabe onde pode comprar publicações em sua cidade. “Aqui no Rio, é possível encontrar com facilidade, na Feira dos Nordestinos, carinhosamente apelidada de “Feira dos Paraíbas”, no bairro de São Cristovão e no site da ABLC – Associação Brasileira de Literatura de Cordel”.

Leia o resto deste post

Suki na Ongaku

Blog com letras de minhas músicas japonesas preferidas

Roberto Luiz Ribeiro

Poesia alternativa-marginal-independente e gratuita

A Taverna

Ficção Especulativa Brasileira e Dicas de Escrita!

Don Silvio

Comentando

Priscila.T.Therese Official

"we are lifelong learners " Nós somos eternos aprendizes "

enjuadinha

Momentos da vida

Livros do Coração

Resenhas de livros, filmes, teatro e cultura em geral

Entre nos Mundos

Compartilhando as minhas visitas em outros mundos.

Just One More

Café, Livros, Estudos e Mundo

Uma borboleta leitora

Como borboletas, voamos pelas páginas dos livros...

Liberte-se.

Meu nome é Hellen, tenho 18 anos e aqui escrevo sobre coisas que me interessam.

Emilly Vass

Blog Literário

Literatura Doccar

Blog Literário

Auê Cultural

A casa de todos, de todas as tribos

Vendas Digitais

Curta, compartilhe e deixe seu e-mail

Contos Noturnos

Contos da amante noturna