Arquivos do Blog

Warner altera planos depois de queda nas bilheterias de Batman vs Superman – A Origem da Justiça

Warner preocupada com Batman vs Superman

Apesar das bilheterias meteóricas da estréia de Batman vs Superman – A Origem da Justiça (2016), inclusive com quebra de recordes no Brasil e pelo mundo, o filme sofreu uma metralhadora de críticas negativas, desagradou parte do público fã dos personagens de quadrinhos da DC Comics e do público mais amplo. O resultado foi uma queda vertiginosa de bilheteria nas semanas seguintes de exibição nas telas, o que acendeu o alerta vermelho entre os executivos do estúdio Warner Bros. Pra complicar, o estúdio não anda bem das pernas, depois de lançar 21 filmes em 2015, com poucos sucessos e muitos fracassos como Peter Pan, No Coração do Mar e O Destino de Júpiter. A responsabilidade de Batman vs Superman ser um filme preparatório para lançar todo o Universo DC nas telas e organizar a Liga da Justiça foi arranhada com um resultado que divide opiniões. Muitas críticas mais contundentes sugere que o gênero de super heróis merece uma pausa, após o filme de Zack Snyder, esquecendo que os filmes baseados em personagens da Editora Marvel não sofrem a mesma rejeição, pontuada com o sucesso recente de Deadpool (2016) e com grandes expectativas para os lançamentos de Capitão América – Guerra Civil, X-Men – Apocalypse e Doutor Estranho, apenas esse ano.

Leia o resto deste post

Anúncios

Batman Vs Superman (2016) conquista a maior bilheteria entre as adaptações de quadrinhos

Warner preocupada com Batman vs Superman

O confronto nas telas entre os principais heróis da DC Comics, Batman vs Superman – A Origem da Justiça (2016) resultou numa estréia estrondosa de bilheteria. Foram US$ 420 milhões arrecadados globalmente. Apenas nos Estados Unidos, o valor foi de US$ 166 milhões. Os resultados permitiram ao filme quebrar vários recordes de bilheteria. Foi o maior lançamento da história para o mês de março, para a primavera, no hemisfério norte e para ao feriado da Páscoa. O recorde anterior de maior lançamento em março foi do primeiro Jogos Vorazes (2012), com US$ 152,5 milhões arrecadados. Para o gênero de super heróis, enquanto o novo filme teve a quarta maior estréia nos Estados Unidos, perdendo para Homem de Ferro 3 (2013), com US$ 174 M, Vingadores – A Era de Ultron (2015), com US$ 191 M, e Vingadores (2012), com US$ 207 M. Batman vs Superman foi o primeiro do gênero nas bilheterias internacionais, com US$ 250 milhões arrecadados fora dos Estados Unidos. Assim, o novo filme de Zack Snyder torna-se a maior bilheteria de abertura entre os filmes de super heróis.

Leia o resto deste post

Warner preocupada se Batman vs Superman (2016) será um sucesso

Batman-v-Superman-Dawn-of-Justice

A Internet foi invadida com um rumor inusitado, a Warner Bros anda preocupada com os resultados do futuro lançamento Batman Vs. Superman – A Origem da Justiça, previsto para estrear em 24 de março no Brasil. O site HitFix chegou a noticiar o rumor de que os executivos do Estúdio não estão satisfeitos com o filme e duvidam da capacidade do filme em atrair o público geral e tornar-se um sucesso de bilheteria. O rumor tem fundamento. O medo de que o filme, com um tom mais sombrio, diferente do clima de aventuras dos filmes da rival Marvel, possa afugentar o público geral, vem do fato de que o Estúdio precisa de um sucesso urgente. E o fracasso de B vs S, pode representar uma ameaça para todo o planejamento feito com diversos filmes na sequência, apresentando o universo da DC Comics nas telas. Lembrando que Batman vs Superman vem sendo apresentado como a base de futuros filmes individuais com os icônicos personagens como os próprios Batman, Superman, além de Mulher Maravilha, Flash, Aquaman, Lanterna Verde, fortalecendo o cenário para o lançamento de outro filme de grupo, a Liga da Justiça. A agenda para os futuros filmes existe. Liga da Justiça I e II (2017 e 2019), Flash (2018), Aquaman (2018), como Shazam (2019), Ciborgue (2020) e Tropa dos Lanternas Verdes (2020). O custo para produzir cada filme é bastante elevado. B vs S deve superar a marca de US$ 410 milhões, tornando-se o filme mais caro da história. Na matemática de Hollywood, o filme precisa render três vezes o seu gasto para ser considerado lucro. Será que o filme vai superar um bilhão e duzentos milhões em bilheterias globais? O diretor Zack Snyder tem um grande peso nas costas.

Leia o resto deste post

Enquanto isso, na DC Comics, novidades sobre Batman Vs Superman, Esquadrão Suicida e muito mais

Batman-v-Superman-Dawn-of-Justice

Cansadas de levar rasteiras contínuas da Marvel Comics no cinema, a eterna rival DC Comics e a Warner Bros enxergaram a possibilidade de construir uma franquia cinematográfica a partir do relativo sucesso de O Homem de Aço (2013) e decidiram apostar numa sucessão de filmes que vão invadir as telas nos próximos anos, a começar com Batman vs Superman – A Origem da Justiça, previsto para 2016. A Warner usará a mesma estratégia vitoriosa da Marvel. Para introduzir o filme dos Vingadores, a Marvel apresentou ao público cada um dos personagens principais, em filmes próprios e interligados, por se situarem no mesmo universo. O curioso é que antes a Warner não acreditava no potencial dessa estratégia e ficou em hibernação, abrindo espaço para os filmes da Marvel reinarem no cinema. Entretanto, a dupla Warner e DC contra atacam com diversos filmes previstos para os próximos anos, torcendo para que todos sejam sucessos. O estúdio do Pernalonga já revelou desenvolver projetos para onze filmes. Alguns divulgados, outros não. Muitas notícias são rumores. Descubra o que se sabe sobre cada um desses filmes:

Batman vs Superman – A Origem da Justiça – Em produção, com trailer liberado. Esqueça a trilogia de sucesso do Batman de Christopher Nolan. Esqueça o lamentável Superman o Retorno (2006) de Bryan Singer. A partir de O Homem de Aço (2013) de Zack Snyder, a DC pretende construir uma franquia de sucesso nas telas. Snyder foi convocado para assumir A Origem da Justiça. Os atores Henry Cavill, Amy Adams retornam como Clark Kent/Superman e Lois Lane. Ben Affleck será o Bruce Wayne/Batman, aposentando a bengala do Demolidor. Veremos ainda Jesse Eisenberg como o vilão Lex Luthor. Rumores indicam que o filme ainda servirá para formar a Liga da Justiça. Por isso, a presença de outros heróis da DC Comics no filme como Mulher Maravilha (Gal Gadot), Aquaman (Jason Momoa), Cyborg (Ray Fisher) e The Flash (Ezra Miller). No caso do herói velocista, não é o mesmo ator do seriado. A trama do filme será inspirada na icônica revista em quadrinhos escrita e desenhada por Frank Miller, Cavaleiro das Trevas, lançado em 1986, que apresenta um cenário caótico e de extrema violência onde Batman e Superman se colocam em lados opostos a iniciam um confronto de grandes proporções. A revista é considerada um marco nos quadrinhos e mostrou como podem ser feitas abordagens mais adultas dos super-heróis, influenciado toda a indústria dos quadrinhos desde então. Lançamento previsto para março de 2016;

Leia o resto deste post

Personagens da DC Comics com novos uniformes. Batman de Coelho Robô fica ridículo

supermanbatmanmulhernovo

A cada temporada, as principais editoras de quadrinhos norte americanos como Marvel Comics e DC Comics recriam ou bagunçam os próprios universos na busca desesperada por novos leitores. Anualmente, lançam sagas colossais, misturando diversos personagens. A DC, ao perder terreno para sua rival Marvel e demais editoras, partiu para uma sucessão de crises nas infinitas crises. Em 2011, a casa do Superman e do Batman apostou numa fase batizada de Os Novos 52. Mas os leitores nem precisaram se acostumar com a fase, atualmente publicada no Brasil, porque ao final da nova saga Convergência, os personagens da Editora entrarão em novíssima, nova, renovada fase, com direito a novos uniformes. De novo. Certamente, a fase dos 52 não deram o resultado esperado.

Leia o resto deste post

Mulheres marcantes nos quadrinhos – Primeira Parte

Woman HQ01

Para celebrar o dia da mulher, vamos conhecer vinte e cinco personagens femininas marcantes dos quadrinhos. Jovens donzelas, guerreiras, damas fatais, aventureiras, lutadoras. Tem de todo o tipo. Muitas delas com alta carga de erotismo, como reflexo de um mercado que alcançava especialmente os homens. No início, não havia mulheres protagonistas, mas isso foi mudando. Elas passaram a ter papéis mais importantes, além de meras coadjuvantes. Deixaram de ser as donzelas que precisavam ser salvas do perigo e passaram a enfrentar o perigo, a resolver os problemas, a integrar equipes com participações decisivas. Um reflexo da participação das mulheres no mercado de trabalho e no mercado consumidor. Algumas personagens mudaram tanto que ficaram quase irreconhecíveis quando comparadas com as suas versões originais, de décadas anteriores. Nos últimos anos, mulheres leitoras também começaram a se interessar pelos quadrinhos e as editoras reagiram a esse novo contexto. Pelo menos nos Estados Unidos, reduziram a carga de erotismo de personagens femininas importantes. Nem todas. Também foram criadas revistas e personagens focadas nas mulheres, inclusive com roteiristas e desenhistas mulheres. Viva a diversidade.

Um terreno fértil de histórias e personagens, o mercado de quadrinhos começou com tiras nos jornais e evoluiu para revistas periódicas. Milhares de editoras foram criadas, especialmente nos Estados Unidos. Na época da grande depressão econômica norte americana, os quadrinhos, assim como a literatura pulp, o cinema e as novelas de rádio eram meios usados pelo público como escapismo, para ajudar a esquecer os problemas reais. Portanto, passaram a fazer grande sucesso. Revistas e personagens se multiplicaram. Parte das editoras se fundiram para criar a DC Comics, a primeira grande editora norte americana que lançou personagens icônicos como Superman e Batman. Eles representa a chamada Era de Ouro dos quadrinhos. Mas a maioria de seus grandes personagens eram masculinos. Cabia as mulheres, o papel de damas em perigo. Era o contexto da época. O mesmo ocorria na literatura, no cinema, na cultura em geral. Essa realidade foi sacudida com a chegada de uma certa guerreira amazona da Ilha Paraíso. Conheça inicialmente, grandes personagens femininas da editora DC Comics.

Mulher Maravilha – Criada por William Moulton Marston, um psicólogo famoso na época por inventar o polígrafo, um detetor de mentiras. Sua primeira aventura foi na revista All Star Comics nº 8, de dezembro de 1941. Diana Prince, a Mulher Maravilha, é uma guerreira amazona da Ilha Paraíso, filha da Rainha Hipólita. É nomeada embaixadora das Amazonas para o mundo, mas mantém ligações com personagens da mitologia grega. Para o público, ela estabeleceu um interessante contraste com o mundo dominado pelos homens. Ao contrário da realidade da maioria das mulheres de seu tempo, focadas em serem donas de casa, cuidarem do lar e dos filhos, a Mulher Maravilha tornou-se a representação da mulher independente, corajosa, decidida, lutadora e protagonista. Com habilidades sobre-humanas, usa um laço da verdade. Martson criou o laço como reflexo de seu polígrafo. Uma vez envolvido pelo laço, o prisioneiro só pode falar a verdade (que seria muito útil em Brasília).

Logo, a personagem se tornou um ícone, celebrada pelo movimento feminista. Ajudou a difundir a ideia de igualdade entre os sexos, de maior participação das mulheres na sociedade, no mercado de trabalho e de serem protagonistas de suas vidas.  A Mulher Maravilha tornou-se fundamental no grupo da Liga da Justiça, ao lado de Superman e Batman. Grandes artistas desenharam a personagem nos quadrinhos como George Perez, John Byrne, Alex Ross, Jim Lee e o brasileiro Mike Deodato Jr. A personagem participou dos Superamigos nos desenhos da TV. Protagonizou um seriado de tv norte americano de grande sucesso nos anos 70, interpretada por Lynda Carter. Mas nos últimos anos, alguns projetos para recriar o seriado de TV com a heroína falharam. Mesmo assim, a Mulher Maravilha terá um importante papel no próximo mega filme da DC Comics, Batman e Superman – O Alvorecer da Justiça, previsto para 2016.

Leia o resto deste post

Recomeço para Superman e adiamento para Bond

A DC aprendeu a lição com Batman e pretende recomeçar Superman

Superman

Superman

O presidente da Warner Bros. Pictures Group, Jeff Robinov revelou ao The Wall Street Journal seus planos sobre o futuro da franquia Superman no cinema, assim como os filmes dos demais heróis da DC em desenvolvimento. Haverá um novo filme do Homem de Aço, apesar do fracasso de Superman – O Retorno (Superman Returns, 2006). Mas não pense que será uma continuação. Na verdade, será um reinício, assim como foi Batman Begins (Idem, 2005), que desconsiderou os quatro outros filmes do Homem Morcego. O novo Hulk também ignorou o primeiro filme dirigido por Ang Lee.

Nas palavras de Robinov: “Superman Returns não funcionou como filme, do jeito que esperavamos, nem posicionou o personagem da forma como queríamos. Se Superman tivesse funcionado em 2006, nós teríamos um novo filme programado para o natal de 2009. Mas agora a intenção é reintroduzir Superman sem considerar nenhum dos cinco filmes anteriores”.

A Warner também tinha planos para lançar os filmes Batman vs. Superman e Liga da Justiça, mas agora eles pretendem adotar a mesma estratégia da Marvel Studios. Lançar filmes para cada personagem, as sequências e depois preparar um filme com multiplos personagens, em alguns anos. Com as novas diretrizes, a Warner espera lançar quatro personagens da editora DC Comics nos próximos três anos, incluindo o terceiro Batman, a reintrodução do Superman e dois filmes focalizando outros personagens importantes dos quadrinhos da DC. Serão dois projetos escolhidos entre os diversos em andamento como Lanterna Verde, Flash, Arqueiro Verde e Mulher Maravilha. Como a linha sombria de Batman funcionou em Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight, 2008), a intenção é levar Superman por esse caminho. Será um filme denso e realista. A definição de datas de lançamento dos diversos projetos da Warner serão anunciados no próximo mês. Fique por dentro em Abelhudos, sobre qualquer novidade nos planos de produção e programação da Warner.

###

Adiamento de Harry Potter afeta novo James Bond

James Bond

James Bond

Os produtores do novo filme da franquia do super agente britânico James Bond, 007 – Quantum of Solace (Quantum of Solace, 2008), programaram as datas de 5 a 7 de novembro para um lançarmento nos cinemas na maioria dos mercados ocidentais, querendo reduzir os riscos de enfrentar a pirataria. Entretanto, a data foi alterada nos Estados Unidos para o dia 14 de novembro com o objetivo de aproveitar o feriado do Dia de Ação de Graças. A alteração ocorreu por causa da folga na programação dos cinemas norte-americanos após o adiamento da continuação da saga do jovem bruxo, Harry Potter e o Enigma do Príncipe (Harry Potter and the Half-Blood Prince, 2009), de Novembro de 2008 para julho de 2009. Apesar do contínuo esforço contra a pirataria e o aumento da fiscalização das filmagens dentro das salas de cinema, a cópia do novo Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight, 2008) foi difundido pela Internet, dois dias depois do lançamento.

###

Rápidas

O jornal Los Angeles Times conversou com o diretor Jon Favreau que revelou ter iniciado os trabalhos na continuação, Homem de Ferro II (Iron Man 2), apesar de não ter havido anúncio formal. O diretor confirmou a data de lançamento, prevista para 2010. A Marvel Studios e a Paramount Pictures planejam lançar no dia 30 de abril com o objetivo de abrir a temporada dos filmes de verão nos Estados Unidos. Justin Theroux (Trovão Tropical) vai escrever o roteiro junto com o ator Robert Downey Jr.. Os astros Gwyneth Paltrow e Terrence Howard devem também retornar para os seus papéis.

Warner contra ataca, mais Homem de Ferro, Chanel, casal Titanic e Fama

Warner Bros prepara contra ataque da DC Comics depois do sucesso da Marvel no cinema

O presidente da Warner Bros., Alan Horn, em entrevista ao periódico Variety, revelou o interesse do estúdio em repensar os planos de adaptar os personagens baseados nos quadrinhos da DC Comics para o cinema em resposta ao sucesso de filmes inspirados na editora rival Marvel Comics como Homem Aranha, X-Men e os recentes Homem de Ferro e Incrível Hulk.

O caminho foi mostrado por Christopher Nolan, diretor do novo filme do Batman, Cavaleiro das Trevas, que provou ser um estrondoso sucesso a caminho da primeira colocação nas bilheterias do ano. A intenção agora é preparar o terreno para lançar nas telas filmes com Mulher Maravilha, The Flash e Lanterna Verde. Além de garantir o próximo Superman, com Bryan Singer a frente ou não, e trazer mais um Batman de Christopher Nolan. O projeto em risco é o ambicioso Liga da Justiça, que pode ficar de molho por mais alguns anos até o cenário dos super heróis da DC nas telas ficar melhor estabelecido.

Robert Downey Jr. quer mais Homem de Ferro

Robert Downey Jr

Robert Downey Jr

O astro Robert Downey Jr., envolvido em dois grandes sucessos de bilheteria de 2008, Homem de Ferro (Iron Man) e Trovão Tropical (Tropic Thunder), mostra-se ansioso para fazer a continuação do filme do super herói ferroso, Homem de Ferro II. O ator revelou em entrevista para a televisão sua intenção de fazer além da trilogia prevista em contrato com o personagem. Downey Jr. prepara-se para filmar com o próximo filme de Guy Ritchie, Sherlock Holmes, que será uma releitura para o clássico personagem, embora a aventura continue ambientada no século XIX. Depois, será a próxima missão do Homem de Ferro, prevista para lançamento em abril de 2010.

Rápidas

– Alessandro Nivola (Jurassic Park III) entrou para o elenco da cinebiografia Coco Avant Chanel, sobre a vida da famosa estilista francesa. Nivola começou a estudar francês para atuar como Arthur Capel no filme, mas será o único norte-americano no elenco. Coco Chanel será interpretada por Audrey Tautou (Código DaVinci). Arthur ajudou Chanel em sua primeira loja e influenciou o design das roupas masculinas da grife. A morte dele num acidente de carro foi descrita como o evento mais devastador da vida de Chanel. Anne Fontaine vai cuidar da direção. As filmagens começam em setembro.

– O casal Leonardo DiCaprio e Kate Winslet voltam a atuar juntos, onze anos depois do mega sucesso Titanic (Idem, 1998) no filme Revolutionary Road. Mas a atriz estranhou gravar uma cena de sexo com o antigo parceiro porque o diretor do longa, Sam Mendes (Beleza Americana) é marido dela na vida real. A atriz não parava de dizer: Isto é muito estranho, no entanto, ela gostou do resultado final da sequência. Mendes, casado com a atriz desde 2003, também não gostou muito da idéia. Ossos do ofício.

– O produtor Gary Lucchesi prepara a refilmagem de Fama (Fame, 1980) com um custo na faixa dos US$ 30 milhões para lançamento em setembro de 2009. Ambientado nos dias de hoje e com novas canções, exceto a clássica música tema, o filme promete um elenco desconhecido para mostrar os obcecados estudantes e alguns rostos conhecidos no papel de professores. A filmagens começam em novembro em Nova Iorque e Los Angeles.

Suki na Ongaku

Blog com letras de minhas músicas japonesas preferidas

Roberto Luiz Ribeiro

Poesia alternativa-marginal-independente e gratuita

A Taverna

Histórias fantásticas e Dicas de Escrita!

Don Silvio

Comentando

Priscila.T.Therese Official

"we are lifelong learners " Nós somos eternos aprendizes "

enjuadinha

Momentos da vida

Livros do Coração

Resenhas de livros, filmes, teatro e cultura em geral

felicisses.wordpress.com/

Compartilhando coisas legais!

Entre nos Mundos

Compartilhando as minhas visitas em outros mundos.

Just One More

Café, Livros, Estudos e Mundo

Uma borboleta leitora

Como borboletas, voamos pelas páginas dos livros...

Liberte-se.

Meu nome é Hellen, tenho 18 anos e aqui escrevo sobre coisas que me interessam.

Emilly Vass

Blog Literário

Literatura Doccar

Blog Literário

Auê Cultural

A casa de todos, de todas as tribos

Vendas Digitais

Curta, compartilhe e deixe seu e-mail

Contos Noturnos

Contos da amante noturna