Arquivos do Blog

Dossiê Bond – Viva a Franquia e Deixe Morrer

bond-50-years

O James Bond dos romances de Fleming era um veterano da Segunda Grande Guerra. Uma figura representativa da era conhecida como Guerra Fria. A rivalidade crescente entre Estados Unidos, que encabeça as potencias capitalistas, e a Rússia, como eixo central dos países comunistas. O cenário ganhou corpo após o fim da grande guerra, embora hoje possa soar estranho aos olhos da geração Internet. Um dos instrumentos mais utilizados para alimentar esse conflito era a espionagem e justificou o surgimento e o fortalecimento dos serviços secretos das potencias. CIA (EUA), KGB, hoje FSB (Rússia), MI-6 (Inglaterra, a agência de James Bond), Mossad (Israel), SNI, hoje ABIN (Brasil), estão entre as mais conhecidas. Hoje, após o fim da Guerra Fria, o mundo mais globalizado questiona a utilidade, os custos e a validade de tais serviços. O fato do agente 007 surgir a partir do contexto da Guerra Fria poderia estabelecer um limite de longevidade por se tratar de um personagem datado. Mas a criação de Ian Fleming foi além, graças aos filmes produzidos inicialmente pela dupla Harry Saltzman e Albert R. Brocoli.

Leia o resto deste post

Anúncios

Dossiê Bond – As Origens à Serviço Secreto de Sua Majestade

Bond Fleming

Fleming. Ian Fleming. Um agente secreto à serviço de sua Majestade, sofisticado, cercado de glamour, de uma vida de luxo, espionagem, elevado risco de morte, bebidas e mulheres. Muitas mulheres. A descrição corresponde ao famoso agente secreto com o duplo zero, característico de quem tem licença para matar, James Bond, o agente 007. Entretanto, esse elementos também cercaram o escritor que deu vida ao agente mais famoso do MI-6, o serviço secreto britânico. O criador e sua cria tinham muito em comum. Por isso, Fleming escreveu com tanto entendimento e veracidade, as rotinas e missões do super agente, desde o lançamento do primeiro livro, Cassino Royale, publicado em 1953. Ao longo de 13 anos, foram lançados 14 romances de sucesso. A série de livros foi interrompida com a morte do escritor em 1964. Fleming ainda acompanhou o surgimento de seu super agente nos cinemas, com 007 Contra o Satânico Dr. No (1962), o filme inaugural de uma das maiores franquias de Hollywood, capaz de render bilhões de dólares ainda hoje, com seus mais de 25 filmes. Tendo continuidade esse ano com o lançamento de 007 Contra Spectre (2015). Pelo jeito, ainda veremos mais do super agente, por muito tempo.

Leia o resto deste post

Melhores Filmes para celebrar o Dia do Professor

Top Professores

Apesar de pouco valorizados, são os professores que moldam as mentes jovens, que educam, preparam para a vida, formam cidadãos, para o bem ou para o mal, alienados e semianalfabetos ou conscientes, de apurado senso crítico. Conheça a relação completa aqui.

01 – Sociedade dos Poetas Mortos (1989), de Peter Weir. Com Robin Williams, Robert Sean Leonard, Ethan Hawke. O professor de inglês John Keating inspira seus estudantes através da poesia e da literatura, a valorizar cada momento de suas vidas. O grupo forma a Sociedade dos Poetas Mortos, mas os métodos não convencionais  do professor despertam questionamentos dos pais e diretores da escola;

02 – Billy Elliot (2000), de Stephen Daldry. Com Jamie Bell, Julie Walters, Jean Heywood. Um jovem talentoso desperta o interesse pela dança, apesar do sonho do pai em preparar o garoto para o boxe. Ele precisa esconder seu treinamento no Balé, de sua família de mineiros;

03 – O Nome da Rosa (1986), de Jean-Jacques Annaud. Com Sean Connery, Christian Slater, Helmut Qualtinger. Um monge franciscano e seu noviço investigam uma série de mortes misteriosas em um isolado monastério no norte da Itália. Baseado no livro de Umberto Eco;

04 – Amor Sem Escalas (2009), de Jason Reitman. Com George Clooney, Vera Farmiga, Anna Kendrick. O executivo Ryan Bingham é um especialista em demitir funcionários nas empresas. O trabalho exige que ele viaje por diversas cidades para realizar suas atividades. Em tempos de crise, ele fica com a agenda cheia. Até que uma jovem arrogante é contratada com novas ideias para realizar as dimensões de forma virtual, o que pode ameaçar o emprego do executivo veterano;

05 – Ponto de Mutação (1990), de Bernt Amadeus Capra. Com Liv Ullmann, Sam Waterston, John Heard. Três pessoas encontram-se casualmente num ponto turístico, na França. Um político, um poeta e uma cientista reclusa iniciam um longo diálogo que pode ser transformador na vida de cada um deles;

Leia o resto deste post

Melhores Refilmagens do Cinema

Top Refilmagens

A reciclagem de idéias, recriação de obras, releituras e refilmagens, embora aparentem um fenômeno recente, oriundo de Hollywood. Mas, na verdade, permeia toda a expressão cultural, desde o nascimento da escrita e da literatura. Entre as primeiras grandes histórias da humanidade, temos Ilíada e sua continuação Odisseia, ambas as obras atribuidas a Homero, que registrou a aventura na forma escrita, por volta do século XVIII a.C., embora a história tenha sido repassada desde séculos antes, através da tradição oral. O poeta romano Virgílio escreveu a Eneida no Sec I a.C., inspirado na Odisseia. Outros exemplos chamam atenção como Romeu e Julieta, a clássica tragédia de William Shakespeare, com elementos de Antígona, terceiro romance da trilogia tebana Edipo Rei, de Sófocles. No Brasil, O Auto da Compadecida, peça de Ariano Suassuna, apresenta o nordeste brasileiro com elementos do cordel, entretanto é na peça do inglês Shakespeare, O Mercador de Veneza, que Suassuna encontra inspiração.

Leia o resto deste post

Melhores Filmes no Nordeste Brasileiro

Top Nordeste

Conheça a lista completa aqui.

Melhores Refilmagens

Top Refilmagens

Conheça a lista completa aqui.

Melhores Filmes Motivacionais

Top Motivacionais

Conheça a lista completa aqui.

Melhores Filmes Nacionais

Top Nacional

Seja dos tempos do Cinema Novo, da Embrafilmes, da Retomada ou dos dias atuais, conheça uma seleção com os melhores flimes do cinema nacional.

Conheça a lista completa aqui.

01 – Cidade de Deus (Cidade de Deus, 2002). De Fernando Meirelles e Kátia Lund. Com Alexandre Rodrigues, Matheus Nachtergaele e Alice Braga;

02 – O Auto da Compadecida (Auto da Compadecida, O, 2000). De Guel Arraes. Com Matheus Nachtergaele, Selton Melo e Virginia Cavendish;

03 – Ensaio Sobre a Cegueira (Blindness, 2008). De Fernando Meirelles. Com Julianne Moore, Mark Ruffalo e Danny Glover;

04 – Tropa de Elite 2 (Tropa de Elite 2, 2010). De José Padilha. Com Wagner Moura, Seu Jorge, Tainá Müller;

05 – Diários de Motocicleta (Diarios de Motocicleta, 2004). De Walter Salles. Com Gael García Bernal, Rodrigo De la Serna e Jean Pierre Noher;

Leia o resto deste post

Melhores Comédias

Top Comédias

Os melhores do gênero das últimas décadas com direito a muitas gargalhadas.

Conheça a lista completa aqui.

01 – Apertem os Cintos… O Piloto Sumiu (Airplane!, 1980). De Jim Abrahams, David Zucker, Jerry Zucker. Com Peter Graves;

02 – O Auto da Compadecida (Auto da Compadecida, O, 2000). De Guel Arraes. Com Selton Melo, Matheus Nachtergaele e Virginia Cavendish;

03 – Feitiço do Tempo (Groundhog Day, 1993). De Harold Ramis. Com Bill Murray e Andie MacDowell;

04 – Corra Que a Polícia Vem Aí! (Naked Gun: From the Files of Police Squad!, The, 1988). De David Zucker. Com Leslie Nielsen;

05 – Curtindo a Vida Adoidado (Ferris Bueller’s Day Off, 1986). De John Hughes. Com Matthew Broderick e Jennifer Grey;

Leia o resto deste post

Melhores Clássicos do Cinema

Top Classicos

O tempo passa, mas um bom clássico permanece na memória e no coração dos cinéfilos do mundo.

Conheça a lista completa aqui.

01 – Luzes da Ribalta (Limelight, 1952). De Charles Chaplin. Com Charles Chaplin, Nigel Bruce e Buster Keaton;

02 – Relíquia Macabra (Maltese Falcon, The, 1941). De John Huston. Com Humphrey Bogart e Peter Lorre;

03 – O Poderoso Chefão (Godfather, The, 1972). De Francis Ford Coppola. Com Marlon Brandon, Al Pacino, Robert Duvall;

04 – Laranja Mecânica (Clockwork Orange, A, 1971). De Stanley Kubrick. Com Malcolm McDowell e Patrick Magee;

05 – E o Vento Levou (Gone With the Wind, 1939). De Victor Fleming. Com Vivien Leigh, Olivia de Havilland e Clark Gable;

Leia o resto deste post

O melhor de Steven Spielberg, diretor norte americano

Top Spielberg

Um político alemão que decide arriscar a própria vida para salvar judeus do holocausto em plena Segunda Grande Guerra; um grupo de combatentes enviados com a missão de salvar um único soldado em meio a batalha; o arqueólogo mais famoso de todos os tempos; um extra terrestre que precisa da ajuda de um garoto para voltar para casa. O diretor norte americano Steven Spielberg soube resgatar os grandes espetáculos cinematográficos nos anos 70 e 80, realizando filmes que ficaram nos corações e mentes do público e dos cinéfilos no mundo inteiro. Conseguiu o equilíbrio entre o artístico e comercial, a grandiloquência e o intimismo, a fantasia e o realismo que permeia por toda a sua obra. Tornou-se um dos maiores diretores de cinema de Hollywood.

Conheça a lista completa aqui dos melhores filmes do diretor Steven Spielberg.

01 – A Lista de Schindler (Schindler’s List, 1993). De Steven Spielberg. Com Liam Neeson, Ben Kingsley e Ralph Fiennes. Um político alemão decide arriscar a própria vida para salvar judeus do holocausto em plena segunda grande guerra;

02 – O Resgate do Soldado Ryan (Saving Private Ryan, 1998). De Steven Spielberg. Com Tom Hanks, Matt Damon e Giovanni Ribisi. Um grupo de combatentes enviados com a missão de salvar um único soldado em meio a batalha;

03 – Os Caçadores da Arca Perdida (Raiders of the Lost Ark, 1981). De Steven Spielberg. Com Harrison Ford, Karen Allen, John Rhys-Davies. Um intrépido arqueólogo é contratado para encontrar a sagrada Arca da Aliança antes dos nazistas e enfrenta uma sucessão de perigos e armadilhas;

04 – E.T. – O Extra Terrestre (E.T. The Extra-Terrestrial, 1982). De Steven Spielberg. Com Henry Thomas, Drew Barrymore e Peter Coyote. Perdido na Terra, um extraterrestre precisa da ajuda de um jovem para encontrar um meio de retornar para a sua casa;

05 – Indiana Jones e a Última Cruzada (Indiana Jones and the Last Crusade, 1989). De Steven Spielberg. Com Harrison Ford, Sean Connery e River Phoenix. Para resgatar o Santo Graal, o cálice sagrado, Indiana Jones precisa encontrar o seu pai, também arqueólogo e especialista da relíquia, mas os nazistas estão um passo a frente;

Leia o resto deste post

Os livros mais vendidos de todos os tempos – Final

Em contagem regressiva, conheça os dez livros mais vendidos de todos os tempos.

Ten Little NiggersColocação: 10º
Título: Caso dos Dez Negrinhos, O
Original: Ten Little Niggers
Autora: Agatha Christie
Pais: Inglaterra
Ano de publicação: 1939
Quantidade estimada de exemplares vendidos: 120 milhões;

A escritora britânica foi considerada a Rainha do Crime, escrevendo ao todo 66 romances policiais. Também escreveu diversos contos e 6 histórias românticas sob o pseudônimo de Mary Westmacott. Entrou para o Livro dos Recordes porque seus livros somados venderam mais de 1 bilhão de cópias, perdendo apenas para a soma dos livros de Shakespeare e da própria Bíblia. Mas foi o seu livro mais polêmico que alcançou a marca do livro mais vendido de Agatha e do décimo livro mais vendido de todos os tempos. O romance O Caso dos Dez Negrinhos é considerado sua obra prima e o seu mais difícil trabalho. Mas o título, considerado racista nos Estados Unidos, foi alterado para …And Then There Were None (…E Não Sobrou Nenhum). Na Inglaterra e no resto do mundo, manteve-se o título original. A trama apresenta oito personagens convidados para uma festa numa ilha. Um a um, eles são misteriosamente assassinados para o deleite de seus anfitriões. O livro rendeu diversas adaptações para o cinema e algumas paródias. Entre elas, o clássico do humor, Assassinato por Morte (76), com Peter Sellers, David Niven e outros grandes astros da época.


LordRings

Colocação: 09º
Título: Senhor dos Anéis, O
Original: Lord of the Rings, The
Autor: John Ronald Reuel Tolkien
Pais: Inglaterra
Ano de publicação: 1954
Quantidade estimada de exemplares vendidos: 150 milhões;

O autor lançou a obra como um único livro. Embora tenha sido lançado depois, dividido em três livros. Por isso, em muitas listas dos mais vendidos, é considerado como um único dividido em três tomos. A Sociedade do Anel, As Duas Torres e O Retorno do Rei. Continuação do livro O Hobbit, também presente nesta lista, Senhor dos Anéis foi escrito por Tolkien ao longo de dez anos, com a colaboração do grupo de discussões literárias que participava na Universidade e do amigo C. S. Lewis, autor de Crônicas de Nárnia. Na trama, Frodo Bolseiro, herda de seu tio Bilbo, a residência, terras, riqueza, prestígio e o misterioso Anel de Poder, encontrado por ele durante a narrativa de O Hobbit. Mas Gandalf descobre que não se trata de um anel qualquer e arrasta Frodo e seus amigos para uma inesperada aventura, repleta de perseguições, conflitos e de grandes batalhas. Uma das mais emocionantes e complexas batalhas do bem contra o mal representada no universo da fantasia. A primeira intenção de Tolkien foi apresentar uma abordagem infantil, assim como no livro precursor. Entretanto, e certamente, influenciado pela Segunda Grande Guerra, a trama de Senhor dos Anéis ganhou tons bem mais cinzentos, épicos, sérios e adultos. Tornou-se uma grande alegoria sobre guerra, progresso, meio ambiente, abordando a Terra Média e seus povos como reflexos de uma Europa e seus conflitos. A saga rendeu os filmes Sociedade do Anel (2001), As Duas Torres (2002) e Retorno do Rei (2003). O último filme, inclusive, entrou para o hall dos filmes que mais venceram o Oscar, com 11 estatuetas, figurando ao lado de Ben-Hur (59) e Titanic (97).


Leia o resto deste post

Os livros mais vendidos de todos os tempos – Parte 3

Em contagem regressiva, conheça os vinte livros mais vendidos de todos os tempos.

Think_and_grow_richColocação: 20º
Título: Quem Pensa, Enriquece
Original: Think and Grow Rich
Autor: Napoleon Hill
Pais: EUA
Ano de publicação: 1937
Quantidade estimada de exemplares vendidos: 70 milhões;

Considerado um dos primeiros livros de auto ajuda de sucesso lançado nos Estados Unidos, o livro revela as histórias de grandes milionários que fizeram fortuna na época do autor, como Andrew Carnegie, Thomas Edison e Henry Ford. Foi lançado no período econômico turbulento conhecido como a Grande Depressão de 29 e ajudou seus leitores com histórias motivacionais de desenvolvimento pessoal. O autor é considerado o pai do movimento de auto ajuda.  Ele explica no livro, o poder das crenças pessoais e como pode ser um fator determinante para se alcançar o sucesso.

“Qualquer coisa que a mente humana possa conceber e acreditar, será possível alcançar ou realizar”. – Napoleon.


The_Notebook_Cover

Colocação: 19º
Título: Diário de uma Paixão
Original: Notebook, The
Autor: Nicholas Sparks
Pais: EUA
Ano de publicação: 1996
Quantidade estimada de exemplares vendidos: 75 milhões;

Primeira obra publicada de Nicholas Sparks, autor de vários livros de sucesso. Diário de uma Paixão retrata uma história de amor que atravessou décadas, inspirado na história real dos seus sogros, juntos há mais de 60 anos, quanto o autor os conheceu.

No livro, um senhor idoso conta como viveu sua história de amor desde o final da segunda grande guerra. O tempo passa, mas o casal permanece junto, mesmo enfrentando problemas da idade avançada. Diário tornou-se um filme de sucesso em Hollywood com Ryan Gosling e Rachel McAdams, além de inspirar um filme indiano, Zindagi Tere Naam.

Sparks também publicou Uma Carta de Amor, Querido John, Um Amor Para Recordar, Um Porto Seguro, O Melhor de Mim, livros de sucesso igualmente adaptados para as telas de cinema.


Leia o resto deste post

Os livros mais vendidos de todos os tempos – Parte 2

Em contagem regressiva, conheça os trinta livros mais vendidos de todos os tempos. Claro que nem tudo é Harry Potter.

HP3 Prisioneiro

Colocação: 30º

Título: Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban
Original: Harry Potter and the Prisoner of Azkaban
Autora: Joanne “Jo” K Rowling
Pais: Inglaterra
Ano de publicação: 1999
Quantidade estimada de exemplares vendidos: 55 milhões;

Terceiro livro da saga do famoso bruxo. O prisioneiro Sirius Black foge da prisão e vai procurar Harry, enquanto tenta se livrar dos temíveis Dementadores. Acusado de alta traição, Black tenta provar a sua inocência. Primeiro livro da série a vencer o prêmio Hugo Awards, dedicado aos melhores da Ficção Científica e da Fantasia.

A adaptação para as telas foi dirigida pelo mexicano Alfonso Cuarón, de E Sua Mãe Também (2001). O filme da saga dividiu opiniões, mesmo entre os fãs mais ardorosos da trupe de Hogwats. Apesar de ter alcançado a segunda maior bilheteria de 2004, perdendo apenas para Shrek 2, foi o filme que rendeu a menor bilheteria de toda a série.

“Devo admitir, Peter. Tenho dificuldade de entender porque um homem inocente gostaria de viver 12 anos na pele de um rato.” – Lupin.


HP4 CaliceColocação: 29º
Título: Harry Potter e o Cálice de Fogo
Original: Harry Potter and the Goblet of Fire
Autora: Joanne “Jo” K Rowling
Pais: Inglaterra
Ano de publicação: 2000
Quantidade estimada de exemplares vendidos: 55 milhões;

Quarto livro da saga Harry Potter. O nome de Harry é indicado para participar do Torneio Tribruxo surpreendendo a todos e o jovem mago é forçado a competir. Último livro da série a vencer o prêmio Hugo Awards dedicado aos melhores da Ficção Científica e da Fantasia. O livro teve lançamento simultâneo nos Estados Unidos e na Inglaterra, quebrando recordes de vendas em apenas 48 horas.

 A adaptação para as telas foi dirigida pelo britânico Mike Newell, de Quatro Casamentos  e um Funeral (1994) que atingiu a maior bilheteria mundial de 2005.

“Eu não tenho ideia de quem colocou seu nome no cálice, Harry. Entretanto, quem quer que tenha feito, não é seu amigo. Pessoas morrem nesse torneio.” – Sirius Black.


Leia o resto deste post

Os livros mais vendidos de todos os tempos – Parte 1

mountain-of-books

Imagine uma seleção que reúne uma combinação eclética de personagens e universos icônicos como Harry Potter, Senhor dos Anéis, Don Quixote, o Pequeno Príncipe, o Conde de Monte Cristo e o Alquimista. Obras milenares como A Arte da Guerra e O Sonho da Câmara Vermelha. Clássicos literários como O Apanhador no Campo de Centeio e Um Conto de Duas Cidades. Sucessos recentes como O Código Da Vinci e Diário de uma Paixão. Além de dicionários, almanaques e livros de alto ajuda. Todos encabeçados pelos ensinamentos do líder comunista Mao Tsé-Tung. Encontramos assim, os trinta livros mais vendidos de todos os tempos.

Leia o resto deste post

Suki na Ongaku

Blog com letras de minhas músicas japonesas preferidas

A Taverna

Histórias fantásticas e Dicas de Escrita!

Don Silvio

Comentando

Priscila.T.Therese Official

"we are lifelong learners " Nós somos eternos aprendizes "

enjuadinha

Momentos da vida

Livros do Coração

Resenhas de livros, filmes, teatro e cultura em geral

felicisses.wordpress.com/

Compartilhando coisas legais!

Entre nos Mundos

Compartilhando as minhas visitas em outros mundos.

Just One More

Café, Livros, Estudos e Mundo

Uma borboleta leitora

Como borboletas, voamos pelas páginas dos livros...

Liberte-se.

Meu nome é Hellen, tenho 18 anos e aqui escrevo sobre coisas que me interessam.

Emilly Vass

Blog Literário

Literatura Doccar

Blog Literário

Auê Cultural

A casa de todos, de todas as tribos

Vendas Digitais

Curta, compartilhe e deixe seu e-mail

Contos Noturnos

Contos da amante noturna