Arquivos do Blog

Netflix confirma série focada no Justiceiro da Marvel

jon-bernthal-punisher

O acordo entre a Marvel e o Netflix para a produção e veiculação de séries originais baseadas nos personagens icônicos da Editora ganha desdobramentos com a confirmação de uma nova série dedicada ao Justiceiro (Punisher), estrelada por Jon Bernthal, que teve sua primeira aparição na segunda temporada de Demolidor. Serão produzidos 13 episódios, tendo como protagonista o veterano militar, Frank Castle, numa jornada de vingança, após a perda de sua família, tragicamente, em meio a uma troca de tiros entre gangues rivais. Ao assumir o manto do Justiceiro, Castle decide enfrentar seus inimigos a seu modo, contrariando a postura de outro herói da Marvel, o Demolidor, também conhecido como o advogado cego Matt Murdock. A diferença entre eles provocou parte do conflito da segunda temporada de Demolidor. Os fãs do personagem aguardavam a confirmação da série, por causa dos rumores que circularam pela Internet, meses antes, divulgando a possibilidade.

Leia o resto deste post

Grupo Comcast compra estúdio Dreamworks Animation de Shrek e Kung Fu Panda

Comcast Dreamworks Anim

O estúdio Dreamworks, criado em 1994 pelos mestres de Hollywood, o diretor Steven Spielberg, o produtor e executivo Jeffrey Katzenberg e o produtor musical David Geffen, conhecido pelo público como a casa de Shrek, Kung Fu Panda e Madagascar, foi vendido para o grupo Comcast, focado em serviços de telecomunicações nos Estados Unidos que, em 2011, realizou uma fusão com o grupo NBC Universal, dona do canal NBC e do estúdio de cinema Universal Pictures. A Comcast já era o maior conglomerado de mídia do mundo, com mais de 50 milhões de assinantes de TV Paga e de Internet Banda Larga. O grupo havia superando a Walt Disney Company, antes de dar esse passo gigante de comprar o estúdio Dreamwoks, por US$ 3,8 bilhões. O grupo pretende investir em produções de filmes, séries e animações para a família, complementando a atuação da Universal Pictures na área com sucessos como Meu Malvado Favorito e Minions.

Leia o resto deste post

Turner contra ataca com novo serviço de streaming FilmStruck, apoiado pela Criterion

Film-Struck

O sucesso do Netflix apresentou ao mundo um modelo de negócios viável de difundir filmes, séries, animações e documentários via streaming e render lucros crescentes. De olho nesse sucesso, o mercado explodiu de concorrentes com mais e mais ofertas de vídeos em streaming, seguindo a receita do Netflix. É o caso do novo serviço FilmStruck, criado pelo grupo Turner, do canal pago dedicado a clássicos, o Turner Classic Movies – TCM. O serviço será lançado no segundo semestre, mas apresenta um trailer introdutório em seu site oficial, indicando que será um serviço especializado em clássicos, alternativos, raridades, focados em um público cinéfilo, com muito material de bastidores, entrevistas e documentários. O acervo da Criterion Collection, antes disponível no rival Hulu, será transferido para o novo serviço. O slogan reforça a ideia: “Para amantes do cinema. De amantes do cinema”. Uma especialidade vista no Brasil através do serviço Oldflix, também dedicado a clássicos e alternativos.

Leia o resto deste post

Nova série do Netflix, Travelers, terá viagens no tempo e o mundo no futuro

Eric-McCormack Travelers

Com o sucesso recente de séries de ficção científica sobre viagens no tempo como Continuum (2012) e Os Doze Macacos (2015), inspirada no filme homônimo de Terry Gillian de 1995, a Netflix decide investir em sua própria série sobre o tema com Travelers (2016), em parceria com o canal canadense Showcase. A produção será de Brad Wright (Stargate SG1). Na trama, um grupo de viajantes do tempo retornam ao passado para evitar uma grande tragédia. O astro Eric McCormack (da série Will & Grace) será o protagonista da nova aventura, como o agente especial do FBI, Grant MacLaren. O tema viagens no tempo será o foco de diversas futuras séries norte americanas como Time, da NBC, Time After Time, da ABC, a comédia Making History, da Fox, a nova série da CW Lendas do Amanha (Legends of Tomorrow) e outra série de comédia, Time Traveling Bong, da Comedy Central.

Leia o resto deste post

Netflix confirma série sobre Operação Lava Jato de José Padilha para 2017

José Padilha

Uma investigação da Polícia Federal sacudiu o Brasil desde 2014, conhecida pelo codinome Operação Lava Jato que revela esquemas de corrupção e lavagem de dinheiro, com o envolvimento de estatais e diversos partidos políticos. O diretor brasileiro José Padilha, dos sucessos Tropa de Elite (2007), Tropa de Elite 2 – O Inimigo Agora é Outro (2010), Robocop (2014) e da série Narcos (2015), do serviço de streaming, o Netflix, propôs realizar uma série sobre a polêmica operação Lava Jato. O projeto, confirmado pelo Netflix, deve receber investimento internacional, com lançamento programado para 2017. Tudo indica que o título do projeto em inglês deverá ser Jet Wash (Lava Jato). Padilha comprou os direitos de um livro ainda inédito sobre o Petrolão, a operação de desvios de dinheiro a partir da estatal Petrobrás, que servirá de base para seu novo trabalho.

Leia o resto deste post

Torchwood, série derivada de Doctor Who, é lançada no Netflix

Torchwood

A série de ficção científica criada por Russell T Davies, Torchwood (2006-2011), entra no catálogo da Netflix e surpreende os fãs de Doctor Who (1963-2016), que ficaram órfãos da série principal no serviço de streaming. Em Torchwood, a série derivada, uma equipe trabalha na agência governamental secreta da Inglaterra dedicada a fenômenos paranormais, seguindo a linha de outra importante série do gênero, Arquivo X (1993-2002/2016), também disponível no catálogo. A agência britânica foi criada nos tempos da Rainha Vitória. Nos dias atuais, a equipe é formada pelo enigmático Capitão Jack Harkness (John Barrowman), com o apoio de Burn Gorman, Naoko Mori, Eve Myles, Gareth David-Lloyd e Kai Owen. Curiosamente, Torchwood é um anagrama para Doctor Who, a série de ficção científica mais antiga da história da televisão mundial. Enquanto a série clássica tem um tom aventuresco, voltada para o público infanto juvenil, a série derivada focaliza o público adulto.

Leia o resto deste post

Nova versão em filme de Death Note será bancado pela Netflix

Netflix_DeathNote

O popular serviço de streaming Netflix assumiu a produção do filme com elenco de Death Note (ou Caderno da Morte), adaptação do anime, produzido pelo estúdio japonês Madhouse, por sua vez, adaptado do mangá, criado por Tsugumi Ohba e Takeshi Obata. O projeto vinha sendo conduzido pelo Estúdio Warner Bros, que comprou os direitos da adaptação em 2009. Com roteiro de Jeremy Slater (do fracassado Quarteto Fantástico) e direção de Adam Wingard (Você é o Próximo, VHS e O ABC da Morte), o filme terá como casal protagonista, Nat Wolff (A Culpa é das Estrelas, Cidades de Papel) e Margaret Qualley (Palo Alto e a série Leftovers). Os nomes serão mantidos, apesar do estúdio Warner desistir da adaptação para focar em suas principais franquias do cinema, heróis da DC Comics, o mundo de Harry Potter, Sherlock Holmes (com Robert Downey Jr.) e as Aventuras Lego. As filmagens devem começar ainda esse ano, para lançamento em 2017.

Leia o resto deste post

Canal norte americano Starz também entra no mercado de streaming

starzplay

Mais serviços de streaming vem pela frente. Para fazer frente ao avanço da Netflix, HBO, Showtime, Fox, TNT e outros concorrentes com suas versões play online, o canal Starz anunciou seu próprio serviço. Com séries de sucesso recentes como The Girlfriend Experience, Black Sails, Outlander, White Queen, Da Vince’s Demons, A Morte do Demônio, Camelot e Spartacus, o serviço ainda tem no acervo clássicos como Maverick, Esquadrão Classe A e Magnum e um pacote considerável de filmes e desenhos de diversos estúdios. Em 2008, o Starz negociou seu acervo com o Netflix, num acordo considerado depois como desfavorável para o canal. A tendência é que, ao fim dos contratos, os conteúdos podem ser retirados do Netflix, sem perspectiva de retorno.

Leia o resto deste post

Diretor brasileiro José Padilha promete série para o Netflix sobre Operação Lava Jato

José Padilha

Enquanto o Brasil fica dividido entre os insatisfeitos com o governo atual e os defensores partidários. Enquanto o circo pega fogo em Brasília, o diretor brasileiro José Padilha (Tropa de Elite, Robocop e a série Narcos) coloca mais lenha na fogueira com o anúncio de seu interesse em produzir uma série sobre a mais polêmica ação policial brasileira, a Operação Lava Jato. O diretor revelou o projeto a Revista Veja e promete lançar o escândalo da política brasileira para a televisão, esclarecendo os desmandos de nossos representantes políticos, com detalhes esclarecedores que a própria imprensa desconhece, muito menos, o grande público. O projeto deve receber investimento internacional. Por isso, foi anunciado com o título em inglês Jet Wash (Lava Jato). Padilha comprou os direitos de um livro ainda inédito sobre o Petrolão, a operação de desvios de dinheiro a partir da estatal Petrobrás, que servirá de base para seu novo trabalho. “Será a melhor série do mundo. Vai fazer House of Cards parecer realista”, afirmou Padilha.

Leia o resto deste post

Série exclusiva do Netflix, Sense 8, terá trama da segunda temporada no Brasil

sense8-1a-netflix

O Brasil ganha cada vez mais espaço e destaque no Netflix. Depois de bancar a produção da série em espanhol, Narcos, de José Padilha, com Wagner Moura e a série nacional de Ficção Científica 3%, o Netflix agora anuncia que nosso país será um dos cenários da segunda temporada da série Sense 8, exclusiva do Netflix, criação dos irmãos (irmãs?) Wachowski e J. Michael Straczynski. A série é uma produção cosmopolita com cenários e elenco de diversas nacionalidades como Quênia, Coreia do Sul, Índia, Alemanha, Inglaterra, México e Estados Unidos. Na trama, os personagens despertam para um oitavo sentido que interligam suas mentes em tempo real, sem limites geográficos. Isso explicaria como na segunda temporada teríamos uma parte da trama no Brasil. A produtora O2 Filmes, responsável por produções como Cidade de Deus (2002), Ensaio sobre a Cegueira (2008) e Trash – A Esperança vem do Lixo (2014), foi contratada pela Netflix para colaborar com a série Sense 8.

Leia o resto deste post

Série de documentários polêmicos, Zeitgeist, estão disponíveis no Netflix e no You Tube

zeitgeist_the_movie

Em qualquer tema abordado, a série de documentários Zeitgeist são cercados de polêmica. O título vem de uma palavra alemã que significa o espírito do tempo ou a mentalidade de uma época. Os documentários dirigidos por Peter Joseph, Zeitgeist – The Movie (2007), Zeitgeist Addendum (2008) e Zeitgeist – Moving Foward (2011), questionam vários pilares e crenças da sociedade atual como religião, capitalismo e denuncia a farsa da tragédia ocorrida em onze de setembro de 2001, nos Estados Unidos. O segundo aprofunda a discussão sobre o capitalismo e explica a influência da mídia, do exército e das grandes corporações e companhias elétricas sobre o destino da sociedade. O terceiro procura demonstrar que a natureza humana e nossa sociedade doente vão nos levar ao colapso e propõe que devemos assumir um novo paradigma, uma nova organização social para melhorar nosso mundo.
Leia o resto deste post

HBO confirma intenção de lançar serviço de streaming independente no Brasil em 2016

HBO prepara lançamento de plataforma HBO Now na América Latina

O serviço de streaming Netflix, que celebra o sucesso no mundo inteiro, inclusive no Brasil, está prestes a enfrentar o seu maior rival nas terras tupiniquins, a HBO Now, o serviço de streaming da HBO que não depende de assinatura de nenhum plano da TV Paga. Diferente do HBO Go que serve como complemento a assinatura de algum pacote tradicional de TV Paga e que os assinantes da Sky, Net e Claro já têm acesso. Segundo executivos da HBO, o novo serviço Now deve ser lançado por aqui até o final do ano. A nova plataforma já foi lançada em nove países: Estados Unidos, Dinamarca, Suécia, Noruega, Finlândia, Colômbia, México, Hong Kong e Singapura. E chegará ao Brasil, junto com o lançamento na Argentina e Espanha. Seguindo o modelo Netflix, a HBO Now deve permitir um mês grátis de degustação e o acesso ilimitado a filmes e séries exclusiva dos canais HBO, como os sucessos Game of Thrones e Família Soprano, filmes e séries do catálogo da Warner e a transmissão simultânea dos diversos canais da rede. Em termos de conteúdo, estão previstos mais de 2.500 títulos, incluindo filmes, séries, documentários, programas infantis, especiais e adultos.

Leia o resto deste post

Netflix contribui para derrubar a audiência dos canais de TV nos EUA em 2015

netflix-movies-expiring-jan-2014

Com informações sobre audiência mantidas sobre sigilo, só era possível especular sobre o sucesso da Netflix em relação as redes de TV abertas e pagas ou considerar a quantidade total de assinantes do serviço de streaming. Isso mudou com a divulgação da pesquisa da agência MoffettNathanson, noticiada pela revista Variety, a bíblia do cinema norte americano. Os dados mostram que as principais emissoras de TV abertas norte americanas foram as mais prejudicadas com a ascensão do Netflix. Em 2015, a CBS perdeu cerca de 42% de sua audiência, a Fox 35%, a ABC 32% e a NBC 27%. Os canais pagos também tiveram perdas. Tal fenômeno deve se repetir mundialmente, porque o serviço conseguiu atingir quase todos os países do mundo, no final de 2015. São 130 países, no total. A exceção é a China e alguns países em conflito como a Síria. O alcance quase global permitiu que empresa registrasse a marca de 75 milhões de assinantes, num crescimento contínuo e consistente. Estima-se que a empresa deve alcançar mais de 100 milhões de lares pelo mundo, em 2020, sem considerar os lares norte americanos.

Leia o resto deste post

Ator de Game of Thrones assume o manto de Punho de Ferro para Netflix

punho de ferro game of thrones ator

As séries Marvel da Netflix continuam surpreendendo no popular serviço de streaming e abrindo espaço para várias produções baseadas nos icônicos personagens da Editora Marvel. Começou com Demolidor, atuado por Charles Cox, lançado em abril de 2015. Jéssica Jones, com Krysten Ritter, chegou em novembro passado. Luke Cage, com Mike Colter, será o seguinte, previsto para novembro de 2016. Antes disso, teremos a segunda temporada de Demolidor, prevista para abril. Em breve, as atenções voltam-se para a série seguinte, do herói Punho de Ferro, prevista para 2017. Rumores, confirmados pela revista Entertainment Weekly, apontam que o protagonista Daniel Rand, será interpretado pelo ator Finn Jones, que foi Sor Loras Tyrell, o Cavaleiro das Rosas, da série Game of Thrones.  O ator Ryan Phillippe de O Poder e a Lei, quase foi escolhido para o papel. Os quatro personagens das principais séries da Marvel serão reunidos na futura série do grupo Os Defensores, também prevista para 2017.

Leia o resto deste post

Filho de Pablo Escobar ameaça processar diretor José Padilha e Netflix pela série Narcos

p11993086_b_h10_ab

A série de TV, Narcos, do diretor brasileiro José Padilha, estrelada pelo astro brasileiro Wagner Moura, exclusiva para o serviço do streaming, Netflix, conquistou o público e a crítica, com seu retrato contundente do polêmico chefão do tráfico de drogas colombiano Pablo Escobar. Tanto prestígio concedeu duas indicações ao Globo de Ouro, como Melhor Série Drama e Melhor Ator para Moura. Entretanto, nem tudo é motivo de celebração sobre a elogiada série. O colombiano, radicado na Argentina, Juan Pablo Sebastian Marroquín revelou a Folha de São Paulo seu interesse em processar o diretor José Padilha, o ator Wagner Moura e o serviço de streaming Netflix por transformar a vida de Pablo Escobar na série Narcos, sem a permissão da família do poderoso traficante. Marroquín é filho de Escobar. “Queria saber do senhor Padilha como ele reagiria se eu escrevesse uma história da vida dele sem ele saber”, questionou Marroquín.

Leia o resto deste post

TV Paga no Brasil perde assinantes para crise e para o Netflix

tv paga

A crise financeira apertou o bolso dos brasileiros com inflação, mais juros, taxas, impostos, etc, etc. Do outro lado, facilidades via Internet, até então, impensadas como Whatsapp que enfraquece as redes de telefonia e os serviços de streaming como Netflix, Amazon, Hulu, Looke e, agora, o mais novo Enter Play que atinge diretamente a TV Paga, oferecendo filmes, séries, desenhos e documentários a preços mais acessíveis. O resultado não poderia ser outro, queda geral de assinantes nos serviços de TV Paga. O fenômeno ocorre em todo o pais, depois de anos de crescimento, em quase 25 anos de história. Ao longo de 2015, a mesma notícia se repetiu mês a mês. Queda, queda, queda. Foi o primeiro ano em que o mercado de TV por assinatura perdeu base desde 2002. Em 2003, a base de assinantes chegava a 4 milhões de assinantes. Em 2010, superou a marca de 9 milhões. Em 2014, o auge de sua popularidade, a TV Paga alcançou quase 20 milhões de assinantes no mês novembro. O crescimento registrado naquele ano foi de 8,7%. Mas o mês de dezembro do mesmo ano, a queda teve início. Houve uma perda de mais de 200 mil assinantes, sinalizando o cenário ao longo de 2015.

Leia o resto deste post

10 filmes clássicos imperdíveis disponíveis no Netflix – Janeiro de 2016

no-calor-da-noite

O Netflix mantém um acervo de filmes imperdíveis. Conheça 10 grandes clássicos disponíveis no popular serviço.

Quanto Mais Quente Melhor (Some Like It Hot, 1959). Comédia de Billy Wilder, com Marilyn Monroe, Tony Curtis, Jack Lemmon. Dois músicos testemunham um assassinato cometido pela Máfia e precisam encontrar uma maneira de fugir. Eles descobrem uma banda feminina e entram no grupo como Josephine e Daphne. Difícil é fingir ser amiga da bela e sexy Sugar Kane (Monroe), sem que o disfarce seja descoberto. Pra complicar, os dois amigos se apaixonam por Sugar;

###

A Um Passo da Eternidade (From Here to Eternity, 1953). Drama de guerra de Fred Zinnemann, com Burt Lancaster, Montgomery Clift, Deborah Kerr. Em 1941, o soldado Robert Prewittno foi transferido para um quartel no Havaí e começa a ser perseguido pelo Capitão, enquanto o Sargento Warden começa um caso com a esposa do Capitão. Suas vidas vão sofrer uma grande e inesperada transformação reservada pelo destino;

###

No Calor da Noite (In the Heat of the Night, 1967). Drama de Norman Jewison, com Sidney Poitier, Rod Steiger, Warren Oates. Um detetive afro descendente é enviado para investigar um crime numa cidade do sul dos Estados Unidos, em que o preconceito racial ainda é arraigado e que a vida de um negro não vale nada;

Leia o resto deste post

Netflix divulga as datas de lançamento de suas séries para 2016

Estratégias para o Netflix conquistar mais público

Estratégias para o Netflix conquistar mais público

Frank Underwood entra em campanha na nova temporada de House of Cards, Demolidor deve enfrentar o Justiceiro e Elektra, outra série da Marvel, Luke Cage, será lançada ainda este ano, séries de sucesso como Orange is the New Black e Marco Polo terão continuidade. Os fãs do Netflix terão mais problemas para manter suas vidas sociais com tantos lançamentos interessantes previstos para este ano. A série brasileira de ficção científica, Três Por Cento, o drama político francês, Marseille, com Gerard Depardieu (Cyrano), o drama musical The Get Down, do diretor Baz Luhrmann (Moulin Rouge) e a série Frontier, de ação no século 18, com Jason Momoa (Game of Thrones). Serão lançamentos de todos os gêneros, para todos os gostos.

Leia o resto deste post

Faturamento do Netflix no Brasil em 2015 ultrapassa as emissoras SBT e Band

Estratégias para o Netflix conquistar mais público

Estratégias para o Netflix conquistar mais público

O Brasil foi um dos primeiros países estrangeiros a receber o serviço de streaming da Netflix e o primeiro na América Latina, em 2011. O mais alto executivo da empresa, Reed Hastings, ficou surpreso com os resultados no país, tido como um dos campeões de pirataria. A quantidade de assinantes cresceu lentamente no início. Eram apenas 80, no primeiro ano. Porém, o gigante despertou e assinaturas decolaram vertiginosamente. Estimativas do site Stats comprovam o crescimento e estimam mais de 7 milhões de assinantes brasileiros em 2015. A empresa continua com sua política de preservar seus números e manter o máximo de informações em segredo. Por isso mesmo e pelo evidente sucesso, a empresa é alvo de todos os tipos de especulação. Para Daniel Castro, em sua coluna no Portal UOL, a Netflix deve ter um faturamento de mais de R$ 1 bilhão, apenas no Brasil. Isso significa números maiores do que a arrecadação anual das redes de TV Aberta brasileiras como o SBT ou a Band. O Netflix alcançou a marca global  de 65 milhões de assinantes pelo mundo inteiro, com a tendência de crescimento por um bom tempo.

Leia o resto deste post

Netflix anuncia alcançar os quatro cantos do planeta

Estratégias para o Netflix conquistar mais público

A empresa Netflix mantém sua estratégia de expansão contínua com o objetivo de ter alcance global. O início de 2016 estabeleceu um novo patamar significativo para o serviço de streaming. A empresa ficou disponível em mais 130 países. Nações como Índia, Rússia, Indonésia e Coreia do Sul passaram a ter acesso ao serviço para assistir filmes, séries, desenhos e documentários. Faltam apenas quatro países para a empresa poder atender o mundo inteiro. Coreia do Norte, Síria e Crimeia são territórios restritos por imposição dos Estados Unidos, devido as situações de conflito e instabilidade. A empresa não comenta sobre as barreiras para entrar na China, um dos maiores mercados do planeta, com uma população estimada em 1,36 bilhões de pessoas. Apesar das dificuldades, o Netflix ainda pretende entrar no território chinês em breve.

Leia o resto deste post

Vendas Digitais

Curta, compartilhe e deixe seu e-mail

Contos Noturnos

Contos da amante noturna

Ste Sincero

Aqui você vai encontrar sobre um pouco de tudo, principalmente livros. Conte com nossa sincera opinião sobre os livros, as séries e os filmes resenhados e citados.

Pão de Canela e Prosa

Onde as palavras têm sabor

marisbookshop

pensamentos de uma jovem.

Cara de Cotia

Meio divertida, por vezes filosófica, sempre confusa!

Meuus Fatos

literatura, resenhas , textos escritos por mim é indicações de livros.

Reclusidades Diárias

Esses são os meus olhos e com eles eu vejo o mundo. Quer ver comigo?

Eu, nós dois e todo mundo

Sobre amor e falta dele, otimismo, utopia e desconforto. Uma caricatura de pós-moderno em um mundo todo louco.

TraduQ

ideias e escritos traduzindo-nos

Desajustado

As (des)vantagens de ser!