Arquivos do Blog

Editora Marvel indica Loki, inimigo de Thor, para presidente dos EUA

loki-president

O mandato do atual presidente dos EUA, Barack Obama vai chegar ao fim em 2016. O debate político está acirrado nos Estados Unidos para saber quem será seu sucessor na Casa Branca. Enquanto o nome mais forte do Partido Republicando é o empresário polêmico, Donald Trump, do lado Democrata temos a ex-Primeira Dama, ex-Senadora, ex-Secretária de Estado do governo Obama, Hilary Clinton. Entretanto, numa manobra inusitada, as principais editoras de quadrinhos norte americanas lançaram seus candidatos à presidência. A DC Comics lançou a campanha para o ditador kryptoniano conhecido como General Zod, um dos maiores inimigos do Superman, visto em dois filmes, com participação prevista para Batman Vs. Superman (2016). Sua plataforma é muito simples e direta. Ele promete tirania e opressão aos seus servos. É a segunda vez que o general tem sua campanha divulgada no ano de eleições. O personagem ganhou até perfil no Facebook (clique aqui). A Editora Marvel não poderia ficar de fora e também lançou seu candidato. O meio irmão e eterno inimigo do Deus do Trovão, Loki. Mentiroso, trapaceiro, farsante, embora capaz de convencer as massas, Loki pode fazer muito sucesso na política.

Leia o resto deste post

Anúncios

Hulk foi convocado para o próximo filme Thor Ragnarok

Hulk-and-Thor

O mistério do sumiço de Hulk e sua contraparte, Bruce Banner, interpretados por Mark Ruffalo, no filme Vingadores – A Era de Ultron (2015), pode ter uma explicação surpreendente. O gigante esmeralda da Marvel deve surgir no próximo filme Thor – Ragnarok, com lançamento previsto para 2017. Depois de rumores sobre o assunto, a revista de cinema Variety confirmou que o ator de Hulk negocia sua participação no terceiro filme do Thor. Os detalhes da participação do Hulk ainda não foram divulgados, mas tudo indica que a trama seguiria na direção da popular saga em quadrinhos conhecida como Planeta Hulk, em que o trágico herói cai num planeta distante, Sakaar, e passa a liderar uma casta de Gladiadores contra o Imperador. Na trama lançada nos quadrinhos, o Hulk é banido da Terra por decisão de Tony Stark, o Homem de Ferro, junto com outros heróis, por considerarem o trágico gigante como uma grande ameaça.

Leia o resto deste post

Ela tem a força! Thor feminina supera em vendas o Thor tradicional

Thor-mulher-vendas

Ela chegou e mostrou a força que possui. Desde que a Thor feminina assumiu o martelo Mjolnir e o poder do trovão nos quadrinhos da Editora Mavel, as vendas nas revistas cresceram e superaram em tiragem os números de vendas do Thor tradicional, também representado no cinema. A editora norte americana percebeu o crescimento das mulheres como leitoras de quadrinhos e resolveu apostar no filão, oferecendo novos destaques ao público feminino entre os heróis e grupos tradicionais da Casa de Idéias. Destacou, por exemplo, a Mulher Hulk, Ms Marvel e Tempestade. Recriou alguns grupos com times exclusivamente femininos como X-Men e A-Force, o time das mulheres Vingadoras. O público aprovou. Ao analisar as primeiras quatro edições da Thor Mulher, lançada em outubro de 2014, em comparação com as quatro primeiras edições da série do Thor tradicional, reiniciada antes em novembro de 2012, a Thor Mulher superou as vendas do antecessor, numa média de 20 mil exemplares por mês, segundo dados do site Comichron.com. Os editores da revista prometem que a edição Thor nº 8, prevista para próximo maio, apresentará a identidade da Thor Mulher, ainda mantida em segredo.

Leia o resto deste post

Mulheres marcantes nos quadrinhos – Quarta Parte

 

Woman HQ04

A Editora Marvel com seu repertório de personagens interessantes tem um verdadeiro exército de tipos masculinos e femininos marcantes que ganham mais visibilidade ao abraçar outras mídias como games, animações, seriados e, principalmente, os filmes no cinema. Continuamos a conhecer as personagens femininas marcantes da editora, mostrando agora as mais poderosas.

Fênix – Sem dúvida, a mais poderosa personagem da Editora Marvel. Mais do que Hulk, Thor, Galactus, Thanos. Não importa se for comparada a heróis ou vilões. De jovem ingênua e suburbana, chamada Jean Grey, acolhida pela Escola de Super Dotados do Professor Xavier. Membro fundador do grupo X-Men, dedicado aos mutantes, ao lado de Cíclope, Fera, Anjo e Homem Gelo. Adotou a identidade de Garota Marvel. Sua estreia foi na revista X-Men nº 1, de setembro de 1963, criação dos lendários Stan Lee e Jack Kirby. Inicialmente, os poderes de Jean revelaram telepatia e telecinésia. Capaz de rivalizar o próprio Xavier, seus poderes evoluíram, cresceram. Para salvar os companheiros do confronto com os terríveis sentinelas, ela precisou fazer um sacrifício decisivo. Morreu para ressuscitar como uma Fênix. Mas a nova Jean Gray estava diferente. Antes ingênua e delicada, ela passou a ser seduzida pelo mal, pela sede de poder. Os relacionamentos em sua volta já não tinham o mesmo significado. Mas essa sede de poder a transforma num risco. Para os amigos, parentes, para os X-Men e para o mundo. Entretanto, Xavier procura manter esse poder sobre controle. Até eles confrontarem o Clube do Inferno. Esse conflito desperta nela, instintos mais primitivos, desejos secretos e sua fome por mais poder. Uma única viagem a leva em direção a estrelas distantes. Em sua busca por poder, ela devora um sol. Elimina mundos e civilizações inteiras. O sinal de alerta foi dado ao Universo. E ela volta rumo a Terra. Ainda com sede de poder. Os X-Men estão lá para acolhê-la ou confrontá-la. O Professor Xavier consegue ainda bloquear essa versão sombria da Jean Gray, a Fênix Negra, mas ela precisa responder por seus crimes com a chegada da frota imperial de Shi’ar. Parte dessas histórias englobam a fase clássica dos X-Men conhecida como A Saga da Fênix Negra, tida como um dos maiores clássicos produzidos pela Editora Marvel, criada por Chris Claremont com arte de Dave Cockrum e John Byrne. Nas sagas seguintes de diversos grupos mutantes, Jean Gray, surge, ressurge, ressuscita, morre, surge clonada, aparece em sonho, vem do passado, de realidade alternativa. A verdade é que a personagem foi tão impactante nas histórias do super grupo que os autores sempre tentam meios de trazer de volta. Diversas encarnações dos X-Men em outras mídias, também contam com a presença da jovem mutante. No cinema, em quase todos os filmes dos X-Men, Jean Gray está presente, sendo interpretada por Famke Janssen.

Leia o resto deste post

Cavaleiro das Estatuetas Douradas, temporada da Marvel e Governador nos bastidores de Exterminador IV

Warner planeja relançar Batman de olho no Oscar

Health Ledger

Health Ledger

O principal lançamento do ano, a quinta maior bilheteria de todos os tempos (por enquanto), uma das melhores adaptações dos quadrinhos no cinema, Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight, 2008) será relançado pela Warner em janeiro, nos Estados Unidos, numa clara estratégia para despertar a atenção dos votantes do Oscar. Especialmente, sobre a elogiada atuação de Health Ledger como o Coringa. Os executivos do estúdio negociam com a rede de cinemas das telas gigantescas Imax para fazer o relançamento. O filme que até o momento rendeu US$ 968,7 milhões no mundo inteiro, pode inclusive superar a marca de 1 bilhão de dolares e entrar para o seleto clube dos filmes bilionários: Titanic (Idem, 1997), US$ 1,835 bilhão, Senhor dos Anéis – Retorno do Rei, O (Lord of the Rings: The Return of the King, The, 2003), US$ $ 1,129 bilhão e Piratas do Caribe – Bau da Morte, O (Pirates of the Caribbean: Dead Man’s Chest, 2006), US$ 1,060 bilhão.

Na corrida pelo Oscar, o filme mais recente do Batman poderia render indicações de Melhor Diretor para Christopher Nolan, nas categorias de elenco e nos prêmios técnicos. Afinal, além de ser um grande sucesso de público, o filme conquistou o respeito da critica especializada. Pouco antes da estréia de Cavaleiro das Trevas nas telas, integrantes do elenco, como Gary Oldman, comentaram sobre a possível indicação de Ledger, falecido no início do ano, como Melhor Ator por seu excepcional desempenho como o Coringa. Eles inclusive sugeriram iniciar uma campanha a favor dessa indicação. No Brasil, o filme atraiu cerca de 4,1 milhões de pessoas, resultando em R$ 32,5 milhões nas bilheterias.

###

Temporada da Marvel

Marvel Comics

Marvel Comics

Enquanto a Warner e a editora de quadrinhos DC Comics celebram o sucesso de Batman nas telas, a editora rival Marvel Comics festeja diversas conquistas em 2008. O sucesso de Homem de Ferro (Iron Man, 2008), com US$ 575 milhões arrecadados nas bilheterias mundiais e Incrível Hulk (The Incredible Hulk, 2008), com US$ 254 milhões, colocando ambos os filmes entre as 15 maiores bilheterias de 2008, além do próprio bom momento das vendas de revistas da editora com a saga Invasão Secreta no mercado norte americano. Executivos da Marvel aguardam com ansiedade para os futuros filmes inspirados nos personagens da popular editora e já comparam a trama de Thor com a trilogia Senhor dos Anéis. Entre os próximos lançamentos, Homem de Ferro II (Iron Man II) ficou programado para 30 de abril de 2010, pouco depois chegará o Deus do Trovão, Thor (Idem) em 04 de junho de 2010. No ano seguinte, o clássico herói, Capitão América – Primeiro Vingador (The First Avenger: Captain America), invade as telas em 06 de maio de 2011 para, finalmente, encontrar o grupo Vingadores (Avengers) em julho de 2011.

###

Arnold Governador não abandona suas raizes como Exterminador

Arnold Schwarzenegger

Arnold Schwarzenegger

A imagem mais curiosa divulgada dos bastidores de Exterminador do Futuro – Salvação (Terminator Salvation, 2009) foi o encontro de John Connor, interpretado por Christian Bale (Batman), e o atual Governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, durante o intervalo das filmagens do próximo filme da franquia. A notícia agitou os fãs da série e iniciou as especulações sobre a possível participação de Arnold no novo filme. Entretanto, os produtores divulgaram o ator Roland Kickinger, como a versão jovem do clássico andróide T-800 que ajudou a construir a fama de Schwarzenegger. Mesmo assim, sabe-se que o diretor do quarto filme da franquia, Mc G (As Panteras) vai insistir para conseguir qualquer tipo de envolvimento de Arnold no filme ainda em produção. Nem que seja como ponta de luxo só para dizer Asta La Vista, Baby. Exterminador do Futuro – Salvação (Terminator Salvation, 2009), dirigido por McG, tem lançamento mundial programado para 22 de maio de 2009.

Diretor quer Thor, vencedor de Veneza busca Robocop, 14 filmes brasileiros no caminho do Oscar, Super Herói Americano

Diretor de Paranóia se candidata para assumir Thor

J Caruso

D.J. Caruso

O diretor Matthew Vaughn, conhecido pelos fãs de quadrinhos por adaptar a obra de Neil Gaiman, Stardust, para as telas, meses atrás deixou o projeto do longa metragem sobre mais um personagem da Marvel Comics, o Poderoso Thor. A cadeira de diretor ficou vaga, mas agora surge um candidato. D. J. Caruso, de Roubando Vidas e Paranóia. Caruso prepara-se para lançar o suspense Controle Absoluto (Eagle Eye, 2008) com Shia LaBeouf (Transformers) e Michelle Monaghan (Lost) e revela em entrevista seu interesse no personagem nórdico. O diretor não viu o roteiro, mas ele teme ver Thor inserido no mundo moderno. Caruso prefere uma história situada em Asgard, a terra mítica dos deuses. Os executivos da Marvel pensam o contrário. Eles querem fazer a ligação entre o filme do deus mitológico com os Vingadores, assim como ocorre nos filmes do Hulk, Homem de Ferro e no futuro projeto do Capitão América. Mesmo assim, o nome de Caruso está bem cotado. Diferente de Matthew Vaughn, agora sem rumo. Anos antes, Vaughn também perdeu espaço pouco tempo depois de assumir X-Men III, com a saída de Bryan Singer, mas quem realmente ficou como diretor foi Brett Ratner.

###

Diretor premiado em Veneza assume refilmagem de Robocop

Depois de conquistar o Leão Dourado com o filme The Wrestler (2008), o diretor de Pi, Réquiem para um Sonho e Fonte da Vida, Darren Aronofsky, prepara refilmagem de Robocop – o Policial do Futuro (Robocop, 1987), dirigido originalmente pelo diretor holandês Paul Verhoeven. O filme vai recriar a franquia, inclusive não tendo mais como cenário a cidade de Detroit. Entretanto, pouco se sabe a respeito do novo roteiro escrito por David Self (Estrada para Perdição). Aronofsky colabora para finalizar o texto. Na trama original, um policial de Detroit morto nas ruas, ressurge como um ciborgue para lutar contra o crime. O lançamento da refilmagem está previsto para 2010.

###

Cena do filme permbucano: Nossa Vida Não Cabe num Opala

14 filmes brasileiros no caminho do Oscar

Ministério da Cultura anuncia a lista dos 14 filmes brasileiros inscritos para disputar à indicação oficial do país ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. O prazo de inscrição encerrou nesta segunda-feira, dia 8 de setembro.

Os filmes concorrentes são:

  • A Casa de Alice, de Chico Teixera
  • A Via Láctea, de Lina Chamie
  • Chega de Saudade, de Laís Bodansky
  • Era uma Vez… , de Breno Silveira
  • Estômago, de Marcos Jorge
  • Meu Nome Não é Johnny, de Mauro Lima
  • Mutum, de Sandra Kogut
  • Nossa Vida Não Cabe num Opala, de Reinaldo Pinheiro
  • Olho de Boi, de Hermano Penna
  • Onde Andará Dulce Veiga?, de Guilherme de Almeida Prado
  • O Passado, de Hector Babenco
  • Os Desafinados, de Walter Lima Júnior
  • O Signo da Cidade, de Carlos Alberto Riccelli
  • Última Parada – 174, de Bruno Barreto

Uma comissão formada por seis profissionais do audiovisual – Antonio Alfredo Torres Bandeira, Cleber Eduardo, Silvia Rabello, Maria Dora Mourão, Giba Assis Brasil e Paulo Sérgio Almeida – vão avaliar cada concorrente e o filme escolhido será divulgado no dia 16 de setembro no Rio de Janeiro. Mas isso não significa que a indicação oficial do Brasil resulte numa indicação ao Oscar. O filme escolhido ainda vai concorrer com as indicações dos cerca de 90 países. Uma comissão especial da Academia de Ciências Cinematográficas de Hollywood fará a triagem e apontará os cinco indicados ao Oscar. Depois, todos os membros da Academia votam entre os cinco para decidir qual o filme merece levar a famosa e cobiçada estatueta dourada.

###

Super Herói Americano prepara para decolar nas telas

Em tempos de super heróis frequentando Hollywood, nada mais natural do que resgatar uma excelente paródia do gênero produzida para a televisão. Uma das séries mais divertidas dos anos 80, o Super Herói Americano (The Greatest American Hero), criada por Stephen J. Cannell, deve ganhar as telas em breve. O próprio criador da franquia confirmou a notícia. Com o roteiro pronto e o diretor definido, falta apenas iniciar as filmagens. O diretor Stephen Herek (A Hora das Criaturas, 101 Dálmatas) deve assumir o projeto. Embora o produtor não tenha confirmado seu nome. O elenco da série original produzida entre 1981 e 1983, William Katt, Robert Culp e Connie Sellecca podem retornar em participações especiais. Na trama, um professor recebe de presente de alienígenas uma roupa especial capaz de conceder super poderes a quem veste. Mas ele perde o manual de instruções da super roupa e transforma-se num super desastre ambulante enquanto tenta salvar vidas e ajudar as pessoas. A série foi exibida no Brasil pelo SBT.

Suki na Ongaku

Blog com letras de minhas músicas japonesas preferidas

A Taverna

Histórias fantásticas e Dicas de Escrita!

Don Silvio

Comentando

Priscila.T.Therese Official

"we are lifelong learners " Nós somos eternos aprendizes "

enjuadinha

Momentos da vida

Livros do Coração

Resenhas de livros, filmes, teatro e cultura em geral

felicisses.wordpress.com/

Compartilhando coisas legais!

Entre nos Mundos

Compartilhando as minhas visitas em outros mundos.

Just One More

Café, Livros, Estudos e Mundo

Uma borboleta leitora

Como borboletas, voamos pelas páginas dos livros...

Liberte-se.

Meu nome é Hellen, tenho 18 anos e aqui escrevo sobre coisas que me interessam.

Emilly Vass

Blog Literário

Literatura Doccar

Blog Literário

Auê Cultural

A casa de todos, de todas as tribos

Vendas Digitais

Curta, compartilhe e deixe seu e-mail

Contos Noturnos

Contos da amante noturna