Arquivos do Blog

Filme nacional Que Horas Ela Volta? vence prêmio no Festival de Berlim

Second_Mother

Que Horas Ela Volta? , filme da diretora Anna Muylaert (É Proibido Fumar) vem fazendo uma carreira nos festivais bastante celebrada. As atrizes Regina Casé e Camila Márdila venceram o prêmio especial do júri na categoria atuação no Festival de Sundance (Saiba mais detalhes aqui). Na sessão de exibição no Festival de Berlim, o filme foi ovacionado durante quase todos os créditos finais e os aplausos continuaram com a chegada da diretora e do elenco ao palco, segundo o site Omelete. Ainda em Berlim, o filme venceu o 17º prêmio de Juri Popular da Mostra Panorama do Festival. Um dos prêmios mais difíceis de ser alcançado. Também foi considerado o melhor filme pela Confédération Internationale des Cinémas d’Art et d’Essai – CICAE (Confederação Internacional de Cinemas de Arte e Ensaio). A CICAE reúne 3 mil representantes de salas dedicadas aos cinemas de arte, participa de 15 festivais internacionais e está associada a distribuidores de pelo menos 30 países, o que certamente irá estimular o interesse mundo afora pelo filme brasileiro no disputadíssimo mercado internacional.. Os demais filmes premiados no Festival foram escolhidos pelo júri liderado pelo diretor norte americano Darren Aronofsky (Cisne Negro).

Leia o resto deste post

Regina Casé e Camila Márdila, destaques no trailer do Que Horas Ela Volta?

Regina Casé e Camila Márdila ganham prêmio de atriz no Festival de Sundance

Second_Mother

O filme Que Horas Ela Volta? da diretora Anna Muylaert (Durval Discos, É Proibido Fumar, Chamada a Cobrar) foi escalado para a programação do Festival de Sundance, na seção World Cinema. Aplaudido de pé na exibição, no dia 25/01, venceu o prêmio especial de juri na categoria de Melhor Atriz, divido entre as atrizes Regina Casé e Camila Márdila.

Estrelada por Casé, a película narra a história de uma mãe, Val, que deixa a filha Jéssica no interior de Pernambuco para trabalhar como babá em São Paulo. Depois de 13 anos distantes, a filha precisa morar com a mãe em São Paulo para fazer vestibular de Arquitetura. Surge, então, o conflito pela atitude subserviente da mãe diante de seus empregadores. A filha, instruída com outros valores, não aceita a condição da mãe e tenta burlar as regras sociais estabelecidas. Um conflito de classes retratado num microcosmo familiar. Apesar da densidade dramática abordada no tema, da complexidade da trama e da representação de seus personagens, o filme é bastante elogiado por sua abordagem leve, com bom humor e sensibilidade. Ponto para a diretora e roteirista (Muylaert) e as atuações marcantes de suas atrizes principais.

Leia o resto deste post

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

O Tudo

Para conhecer diversas curiosidades sobre tudo

Suki na Ongaku

Blog com letras de minhas músicas japonesas preferidas

Roberto Luiz Ribeiro

Poesia alternativa-marginal-independente e gratuita

A Taverna

Histórias fantásticas e Dicas de Escrita!

Don Silvio

Comentando

Codéx Secreto Blog

"we are lifelong learners " Nós somos eternos aprendizes "

enjuadinha

Momentos da vida

Livros do Coração

Resenhas de livros, filmes, teatro e cultura em geral

felicisses.wordpress.com/

UM POUCO SOBRE LIVROS, FILMES, SÉRIES E ASSUNTOS ALEATÓRIOS

Uma borboleta leitora

Como borboletas, voamos pelas páginas dos livros...

Liberte-se.

Meu nome é Hellen, tenho 18 anos e aqui escrevo sobre coisas que me interessam.

Emilly Vass

Blog Literário

Literatura Doccar

Blog Literário

Auê Cultural

A casa de todos, de todas as tribos

Contos Noturnos

Contos da amante noturna