Arquivos do Blog

Ideias tenebrosas previstas em futuros lançamentos de Hollywood

Kindergarten-Cop-Dolph-Lundgren

Está cada vez mais difícil arranjar ideias novas no reino de Hollywood. Por isso, os estúdios investem cada vez mais em ideias recicladas, recriações, releituras e continuações. Alguns projetos são promissores, interessantes, outros nem tanto. Algumas ideias beiram o ridículo ou prometem ser um fiasco. Conheça as ideias mais tenebrosas dos futuros filmes previstos em Hollywood.

De Volta Para o Futuro Reboot – O sucesso de Jurassic World abre as portas também para uma possível refilmagem do clássico De Volta Para o Futuro, apesar de Robert Zemeckis, diretor do original de 1985, discordar da possibilidade. O tempo dirá…

Um Tira no Jardim da Infância 2 – Dolph Lundgren tenta fazer comédia num papel que já foi constrangedor para Arnold Schwarzenegger fazer;

Tubarão Reboot – Depois de quatro filmes da franquia Tubarão, iniciada em 1975 por Steven Spielberg, uma versão italiana e os ridículos tubarões voadores de Sharknado, Spielberg fecha novo acordo com a Universal Pictures e rumores especulam uma refilmagem do primeiro Tubarão. Bum, Bum, Bum, Bum, Bum, Bum, Bum…

Leia o resto deste post

Anúncios

Dustin Hoffman critica: Hollywood vive seu pior momento dos últimos 50 anos

Dustin Hoffman critica HollywoodO ator, diretor e produtor norte americano Dustin Hoffman, com grandes papeis como Todos os Homens do Presidente (1976), Tootsie (1982) e O Quarto Poder (1988), em entrevista ao jornal The Independent afirma que Hollywood encontra-se no pior momento dos últimos 50 anos. “É difícil acreditar que você pode fazer um bom trabalho com tão pouco dinheiro. A Primeira Noite de Um Homem (1967) é um filme que ainda se sustenta. Teve um roteiro maravilhoso em que levaram três anos para escrever. Um diretor excepcional com um elenco e equipe excepcionais. Era um filme pequeno, quatro paredes e atores, e ainda assim tivemos cem dias de filmagem”, comparou o ator sobre seu filme de estreia, em relação aos dias de hoje.

Para Hoffman, a maioria dos filmes atuais, tirando as adaptações dos quadrinhos e os filmes de robôs, levam cerca de 20 dias para serem filmados. A tecnologia digital permite que qualquer um seja diretor e que mais cenas possam ser realizadas em um único dia. O ator critica a agenda apertada dos diretores, a pressão dos estúdios e limitações orçamentárias, enquanto os recursos são reservados para filmes de super heróis, continuações e franquias de sucesso.

Leia o resto deste post

Hollywood – O Império das Continuações – Saiba o que vem pela frente

Hollywood

Entre as 25 maiores bilheterias do primeiro semestre de 2015, vários filmes são continuações e estimulam os estúdios a apostarem no filão de dar continuidade aos filmes que foram sucesso no passado. Para se ter uma ideia, entre os novos sucessos do ano estão, Vingadores – A Era de Ultron, Velozes e Furiosos 7, Jurassic World, Mad Max – Estrada de Fúria, Divergente: Insurgente, A Escolha Perfeita 2, todos são sequências, com bilheterias até superiores aos filmes originais. O Brasil também aposta em continuações. Considerando apenas 2015, temos filmes já lançados ou programados como Divã a Dois, Pequeno Dicionário Amoroso 2, Qualquer Gato Vira-Lata 2, Minha Mãe é Uma Peça 2, Meu Passado me Condena 2, Os Normais 3 e Até que a Sorte nos Separe 3.

Além disso, grandes continuações são consideradas equivalentes ou superiores aos filmes originais como Poderoso Chefão 2, O Império Contra Ataca, Aliens, o Resgate, Ultimato Bourne, Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei, apenas para citar alguns. Por outro lado, fazer filmes de sucesso com ideias originais torna-se cada vez mais difícil. Significa investir alto com o grande risco de encarar um fracasso. Por isso, Hollywood prefere apostar na segurança, em busca de retorno financeiro garantido junto ao público. Só tem uma coisa que os estúdios gostam tanto quanto continuações. São as refilmagens. Portanto, se acostume com a ideia de que as continuações terão sempre um espaço reservado na programação dos cinemas. São mais de 100 continuações atualmente em produção ou em desenvolvimento. Conheça os principais sequencias previstas para os próximos meses ou anos:

Star Wars VII – O Despertar da Força (2015) – De JJ Abrams. Retomada da saga espacial para as novas gerações, depois do estúdio Disney ter comprado os direitos da saga ao criador George Lucas. O elenco clássico vai apresentar novos rostos. Prepare-se para rever Luke Skywalker, Princesa Leia, Han Solo, C3PO, R2D2, e Chewbacca.

Star Wars VIII e IX (2017 e 2019) – Os filmes completarão a nova trilogia. SW VIII será dirigido por Rian Johnson (Looper) e o IX pode ser dirigido por Johnson ou por JJ Abrams.

Star Wars – Anthology – Rogue One / Boba Fett? / Obi Wan? (2016-2020) – Entre os lançamentos da nova trilogia, outros filmes da saga espacial apresentarão tramas de personagens específicos e épocas diferentes no mesmo universo. Rogue One será ambientado antes do Episódio IV – Uma Nova Esperança e mostrará um esquadrão rebelde com a missão de roubar os planos da Estrela da Morte. Os próximos filmes devem focar no caçador de recompensas mandaloriano, Boba Fett, e o último no Cavaleiro Jedi, Obi Wan Kenobi. Saiba mais detalhes da nova saga aqui.

Leia o resto deste post

Hollywood Contra Ataca a Pirataria de Filmes com Ultimato de 24 Horas

internet-movie-piracy

Filme pirata incomoda muita gente. Filmes piratas incomodam, incomodam muito mais… a cantiga chegou ao limite em Hollywood. A poderosa entidade Motion Picture Association of America (MPAA), representante dos seis maiores estúdios de cinema norte americanos (Paramount, Fox, Universal, Sony, Warner e Walt Disney), emitiu um ultimato, uma ameaça por email, no último dia 01 de maio, exigindo o fim das atividades dos sites de torrent que distribuem ilegalmente filmes piratas para o mundo inteiro. E deu um prazo de 24 horas para os sites saírem do ar. O email foi encaminhado pelo vice-presidente da MPAA, Jan Van Voon, aos maiores sites europeus do ramo, numa ação direta no combate a pirataria.

Leia o resto deste post

Hollywood de olho nos mangás, quadrinhos japoneses, Akira, Death Note e Ghost in the Shell

Cine Mangá

Depois da invasão de filme da Marvel no cinema com grande sucesso, Hollywood procura nos Mangás, quadrinhos japoneses, a próxima fonte de inspiração e já existem muitos projetos em andamento. Entretanto, os estúdios tropeçam na complexidade das histórias, no inusitado das tramas, nas alegorias e exageros típicos dos melhores mangás. O resultado é que muitos projetos vem se arrastando, por anos. Mas a pressão aumenta para que os filmes sejam, enfim, realizados. As grandes bilheterias de filmes como Vingadores, Homem de Ferro, Capitão América, Batman, Homem Aranha, entre tantos, só fazem aumentar a pressão sobre os estúdios.

Hollywood tem na mira obras como Akira (1982), criação de Katsuhiro Otomo, transformada na impactante animação de 1988. Ghost in the Shell (1989), no Brasil, o Fantasma da Máquina, criado por Masamune Shirow, adaptado para as telas como um longa de animação em 1995 e diversas séries de animação desde 2002. Por fim, Death Note (2003), de Tsugumi Ohba e Takeshi Obata, adaptada como série anime em 2006, além de filmes derivados. Recentemente, a impressa  deu notícias sobre o andamento desses projetos.

Leia o resto deste post

Onda de refilmagens, reboots e continuações movimenta Hollywood em 2015

poltergeist_novo

Não é de hoje que Hollywood ataca com refilmagens, reboots e continuações quando a criatividade aperta. O uso desse recurso é uma forma de tentar garantir melhores resultados de bilheteria para um filme derivado de outro que já fez sucesso (ou não) no passado. Em 2015, não poderia ser diferente. Uma vista rápida na programação de filmes previstos para estrearem esse ano, encontramos diversos exemplos que se enquadram nesse cenário.

Entre as refilmagens e reboots (recriações) esperadas para 2015, teremos: o terror Poltergeist – O Fenômeno, o policial Caçadores de Emoções, a aventura de artes marciais Kickboxer – O Desafio do Dragão, a adaptação de quadrinhos Quarteto Fantástico, o musical Anne, a ficção científica apocalíptica Mad Max – Estrada da Fúria, o suspense sobrenatural O Corvo e a comédia Férias Frustradas. Além dos clássicos de guerra Sem Novidade no Front e o faroeste Sete Homens e um Destino.

Leia o resto deste post

Um pequeno Avatar para o 3D, um grande salto para Hollywood

O diretor James Cameron realizou o maior sucesso de bilheteria de todos os tempos, Titanic (Idem, 1998), mesmo depois de consagrado com filmes como Aliens, O Exterminador do Futuro, O Segredo do Abismo e True Lies. Entretanto, Cameron passou mais de uma década sem realizar filme algum após Titanic. Seu próximo projeto, a ficção científica Avatar tem lançamento previsto para 2009. Durante esse tempo distante das telas, o diretor realizou alguns documentários e trabalhos para a televisão. Mas o principal motivo do afastamento de Cameron, nos últimos anos, pode salvar Hollywood da guerra contra a pirataria. O Cinema 3D Digital.

Não confundir com as animações 3D, ou tridimensionais como Shrek, Incríveis ou Era do Gelo. O truque ótico conhecido como Terceira Dimensão não é novo. Era uma técnica usada nos anos 50 com relativo sucesso em que o público, com o uso de um óculos feito de plástico e papelão, enxergava pessoas e objetos saltarem da tela. Os projetores das salas de cinema precisavam ser adaptados para o truque funcionar. Com o tempo, os filmes abandoram essa técnica porque os óculos eram incômodos para a platéia, as adaptações onorosas para as salas de cinema e os roteiros dos filmes 3D eram toscos. Meros veículos para destacar o 3D. O que afugentava o público. Cada vez menos filmes insistiam em utilizar o recurso nas décadas seguintes.

James Cameron

James Cameron

Entretanto, James Cameron recriou a tecnologia com a ajuda dos recursos digitais de hoje e desenvolveu o Ultimato 3D, aliando o processamento digital, alta definição e os mesmos truques óticos capazes de fazer os astros e objetos saltarem da tela. Também finalizou um método para converter os filmes já realizados antes em produções 3D. Os diretores ficaram empolgados com os resultados alcançados e isso chamou a atenção dos grandes estúdios. Como resultado, nomes como Steven Spielberg, seu sócio Jeffrey Katzenberg, George Lucas e Peter Jackson, pretendem investir pesado na nova tecnologia. Lucas vai transformar todos os filmes Guerra nas Estrelas em 3D para relançar nos cinemas. Peter Jackson fará o mesmo com King Kong e Senhor dos Anéis. Katzenberg, grande defensor e divulgador da nova tecnologia, decidiu que todas as futuras animações da Dreamworks serão produzidas em 3D. O próprio Cameron, naturalmente, realiza seu Avatar todo em 3D.

Uma nova roupagem para o velho 3D

O diretor Robert Rodriguez experimentou a nova versão da tecnologia em Pequenos Espiões 3 e As Aventuras de Sharkboy e Lavagirl. A nova aventura de Branden Fraser, Viagem ao Centro da Terra (Journey to the Center of the Earth, 2008) também flerta com o novo recurso. Mas o principal lançamento, capaz de impulsionar o uso do 3D em Hollywood será realmente o próximo filme do Cameron, Avatar. Empolgado, o diretor explica sobre o nível de controle atigindo com a nova técnica: “É a mais pura criação onde, se quiser, você pode mover uma árvore, montanha ou o céu e mudar a hora do dia. Você tem o controle completo de todos os elementos da produção. Avatar fará Titanic parecer um piquenique”, sentencia Cameron. Katzenberg vai mais longe. “Acho que depois de um razoável período de tempo, todos os filmes serão feitos em 3D. Quando as platéias perceberem como a técnica é excepcional e os cineastas entenderem como a experiência que eles podem oferecer ao público será ampliada, os filmes bidimensionais (os atuais) serão coisa do passado. Essa é a mudança mais revolucionária desde a chegada dos filmes coloridos”.

Jeffrey Katzenberg

Jeffrey Katzenberg

O nome Jeffrey Katzenberg não é conhecido do público, mas exerce grande influência nos bastidores de Hollywood. Katzenberg usa essa influência para defender o novo sistema 3D Digital de alta definição. Sua decisão de realizar todas as futuras animações da DreamWorks em 3D Digital serve como grande alavanca para impulsionar a nova tecnologia. Uma demonstração realizada por Katzenberg durante uma conveção de televisão em Amsterdam, Holanda, para cerca de mil delegados, todos usando os novos óculos 3D, foi um grande sucesso. O auditório explodiu em aplausos desde a primeira cena apresentada. O executivo foi um dos principais responsáveis pela elevação de qualidade das animações da Disney no final dos anos 80 com A Pequena Sereia (The Little Mermaid, 89) e também cuidou da produção de A Bela e a Fera e Aladdin. Ao ser demitido da Disney em 1994, entrou em parceria com Steven Spielberg e David Geffen para criar o próprio estúdio, a DreamWorks. Katzenberg ficou encarregado pela divisão de animação do estúdio e produziu grandes sucessos como O Príncipe do Egito e Shrek, podendo rivalizar com a Pixar e seus antigos patrões da Disney. As próximas animações da DreamWorks serão Monstros Vs. Aliens (Monsters vs. Aliens, 2009) e o quarto Shrek e ambos já trabalham com 3D.

O filme de Cameron, Avatar, usará todos os elementos clássicos do diretor reunidos com a intenção de ser o maior sucesso de todos os tempos. Um épico de ação e ficção científica com alta tecnologia, cenas aquáticas, mensagem ecológica, atores de peso e jovens promissores como Sigourney Weaver (Alien), Michelle Rodriguez (Lost) e Giovani Ribisi (Resgate do Soldado Ryan). Na trama, um veterano de guerra paraplégico faz parte da tripulação que encontra o planeta Pandora, rico em biodiversidade exótica. Eles entram em contato com uma raça humanoide, os Na’vi, e descobrem que o planeta pode colocar em risco a existência do universo. Os custos de produção de Avatar superaram os US$ 300 milhões, por enquanto. Mas orçamentos estourados também são elementos rotineiros na carreira de James Cameron. Entretanto, na matemática de Hollywood, um filme precisa arrecadar três vezes o que gastou para ser considerado um sucesso. Portanto, o filme de Cameron precisa, obrigatoriamente atingir a marca de US$ 900 milhões, para começar a lucrar. A tarefa não é fácil, mas se depender do 3D e do talento de Cameron, o sucesso está garantido.

2009 – Uma Odisséia 3D Contra a Pirataria

Hollywood sofre grandes derrotas na luta contra a pirataria. Câmeras e celulares com filmadoras são cada vez mais acessíveis ao público que entram nas salas de cinema e registram seus filmes favoritos para soltarem na Internet. Então, milhões de usuários no mundo inteiro fazem cópias dos filmes e assistem nos seus computadores e aparelhos de DVD, antes mesmo do lançamento dos filmes nos cinemas, resultando em bilhões de dólares em prejuízo. A esperança com o novo recurso é deixar de sofrer com a pirataria. O uso do 3D Digital nos cinemas, depende de salas equipadas e platéias com os óculos específicos. Com isso, ninguém poderá ver esses filmes em casa. Além disso, as câmeras e celulares não conseguirão registrar as imagens borradas dos filmes em 3D nas telas dos cinemas. Só será possível vislumbrar o filme na tela corretamente com os óculos para compor o truque ótico da Terceira Dimensão. Mas nem toda sala de cinema está preparada para exibir filmes 3D. Dados da consultoria Screen Digest revelam que atualmente existem apenas 6.440 salas 3D no mundo. Essa transição será gradual. Logo, quem quiser testemunhar os próximos grandes sucessos de Hollywood, precisará comprar um ingresso. Talvés até pague mais caro para assistir um filme 3D. Recentes pesquisas revelam que o público geral estaria disposto a pagar mais para ver os filmes com esse novo recurso. Portanto, preparem o bolso. 2009 é logo ali.

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

O Tudo

Para conhecer diversas curiosidades sobre tudo

Suki na Ongaku

Blog com letras de minhas músicas japonesas preferidas

Roberto Luiz Ribeiro

Poesia alternativa-marginal-independente e gratuita

A Taverna

Histórias fantásticas e Dicas de Escrita!

Don Silvio

Comentando

Codéx Secreto Blog

"we are lifelong learners " Nós somos eternos aprendizes "

enjuadinha

Momentos da vida

Livros do Coração

Resenhas de livros, filmes, teatro e cultura em geral

felicisses.wordpress.com/

UM POUCO SOBRE LIVROS, FILMES, SÉRIES E ASSUNTOS ALEATÓRIOS

Uma borboleta leitora

Como borboletas, voamos pelas páginas dos livros...

Liberte-se.

Meu nome é Hellen, tenho 18 anos e aqui escrevo sobre coisas que me interessam.

Emilly Vass

Blog Literário

Literatura Doccar

Blog Literário

Auê Cultural

A casa de todos, de todas as tribos

Contos Noturnos

Contos da amante noturna