Social Comics cria selo Pagu Comics dedicado a HQs produzidas por mulheres

Pagu Comics

No Dia Internacional da Mulher, as mulheres brasileiras conquistaram um espaço importante. Um selo dedicado as quadrinistas do sexo feminino, na plataforma de quadrinhos, Social Comics, chamado Pagu Comics, numa parceria com a Editora Cândido, do Rio de Janeiro, para destacar o trabalho das autoras no mercado. Atualmente, as mulheres representam apenas 7% dos artistas independentes com obras ativas no serviço online lançado em 2015. As primeiras artistas com trabalhos confirmados são a professora cearense do Curso de Desenho e Curso de Mangá, no Estúdio Daniel Brandão, Blenda Furtado, a ilustradora paulista Chairim, criadora de As Aventuras da Bruxinha Mô, a ilustradora e designer paulista, Dani Mota, colaboradora do projeto Amarelo Criativo, a roteirista e desenhista Germana Viana, a roteirista Milena Azevedo e a administradora do site Mulheres nos Quadrinhos, Roberta Araújo. A curadoria do projeto será de responsabilidade da artista Ana Recalde, co-autora da graphic novel Beladona e vencedora do prêmio HQ Mix como melhor Web Quadrinho em 2014.

“A ideia é incentivar essas artistas para que produzam histórias exclusivas de forma consistente e simultânea, impulsionando ainda mais o mercado”, afirmou Ana. Nas últimas décadas, as mulheres passaram a ler uma maior variedade de quadrinhos, inclusive de super heróis, fantasia e ficção científica, terreno restrito a um público predominante masculino. As grandes editoras norte americanas como Marvel e DC Comics perceberam a mudança de perfil de seu público, entre os leitores de quadrinhos e passaram a sensualizar menos suas personagens femininas e dedicarem a elas um maior protagonismo nas histórias. Não é a toa, as escolhas recentes como a Thor Mulher, Miss Marvel, um time exclusivo de mulheres mutantes dos X-Men e dos Vingadores, no lado da Marvel e Mulher Gato, Arlequina, Caçadora, Canário Negro, Mulher Maravilha e o grupo Aves de Rapina no lado da DC Comics. Com o interesse nos quadrinhos em alta, as mulheres passaram a também produzir quadrinhos. Num movimento que chega por aqui e ganha no selo Pagu Comics, sua maior expressão. O nome tem seu significado. Pagu foi o pseudônimo de Patrícia Rehder Galvão, uma brasileira de muitos talentos, estava à frente de seu tempo, em plenos anos 30. Ela foi escritora, poeta, diretora de teatro, tradutora, desenhista, jornalista e militante política brasileira, sendo também a primeira mulher presa por motivações políticas. O filme Eternamente Pagu (1987), de Norma Bengel, é dedicado a vida dessa pioneira feminista brasileira. Os quadrinhos femininos brasileiros não poderiam ter nome mais representativo com Pagu Comics. A plataforma Social Comics é um serviço de streaming de quadrinhos, com diversas obras disponíveis para leitura digital. São mais de 1800 histórias, disponíveis aos leitores, por uma assinatura mensal de R$ 19,00.

Saiba mais

Editoras nacionais de peso lançam plataforma de quadrinhos Social Comics

Anúncios

Publicado em 10 de março de 2016, em QG HQ e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Suki na Ongaku

Blog com letras de minhas músicas japonesas preferidas

Roberto Luiz Ribeiro

Poesia alternativa-marginal-independente e gratuita

A Taverna

Histórias fantásticas e Dicas de Escrita!

Don Silvio

Comentando

Priscila.T.Therese Official

"we are lifelong learners " Nós somos eternos aprendizes "

enjuadinha

Momentos da vida

Livros do Coração

Resenhas de livros, filmes, teatro e cultura em geral

felicisses.wordpress.com/

Compartilhando coisas legais!

Entre nos Mundos

Compartilhando as minhas visitas em outros mundos.

Just One More

Café, Livros, Estudos e Mundo

Uma borboleta leitora

Como borboletas, voamos pelas páginas dos livros...

Liberte-se.

Meu nome é Hellen, tenho 18 anos e aqui escrevo sobre coisas que me interessam.

Emilly Vass

Blog Literário

Literatura Doccar

Blog Literário

Auê Cultural

A casa de todos, de todas as tribos

Vendas Digitais

Curta, compartilhe e deixe seu e-mail

Contos Noturnos

Contos da amante noturna

%d blogueiros gostam disto: