Padre brasileiro pretende processar produtores do filme Spotlight

Padre - Spotlight

O jornal Estado de S. Paulo, revelou o interesse do padre brasileiro José Afonso Dé, de 82 anos, em processar os produtores do filme norte americano, Spotlight – Segredos Revelados, de Thomas McCarthy, um dos destaques na corrida para o Oscar 2016 que focaliza escândalos sexuais ocorridos na Igreja Católica. O filme, baseado em fatos verídicos, mostra uma série de reportagens da equipe do jornal The Boston Globe, chamada Spotlight, dedicada ao jornalismo investigativo, que revela diversos crimes sexuais, cometidos ao longo de décadas, por padres da cidade norte americana de Boston e os esforços da Igreja Católica para abafar os mesmos casos. As reportagens renderam ao jornal, o prestigiado Prêmio Pulitzer, em 2003. Antes dos créditos finais, o filme apresenta uma lista da vergonha mundial de cidades onde padres foram condenados por pedofilia. O nome da cidade França, em São Paulo, surge entre os 101 casos ocorridos pelo mundo. Outras cidades brasileiras são citadas como Mariana (MG), Ararapiraca (AL) e Rio de Janeiro (RJ). Em 2011, o padre José Afonso Dé foi condenado a 60 anos e oito meses de prisão por estupro e atentado violento ao pudor, a partir de denúncias de adolescentes coroinhas, da Paróquia de São Vicente de Pádua, na cidade de França, em São Paulo. O padre nega todas as acusações. Ao entrar com recurso, acolhido na Justiça, o padre foi inocentado em seis das oito acusações e agora responde aos demais processos em liberdade.

O padre pode processar os produtores do filme e pedir uma indenização pela citação de seu caso, em divulgação a nível global. Para o advogado, José Chiachiri Neto, se for absorvido em todas as acusações, o padre terá o direito de abrir processo contra os produtores do filme. Tudo depende do resultado dos casos restantes contra o padre, mas a decisão pode demorar e a polêmica continua. O filme Spotlight com atores como Michael Keaton, Rachel McAdams e Mark Ruffalo no papel dos jornalistas investigativos, foi indicado ao Oscar nas categorias de Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Ator Coadjuvante e Melhor Roteiro Original. Muitos filmes retratam as atividades jornalísticas. São títulos importantes como Cidadão Kane (1941), Todos os Homens do Presidente (1976), Ausência de Malícia (1981), O Quarto Poder (1997), O Informante (1999), entre outros. Spotlight, certamente, entra na seleta lista de ótimos filmes sobre a profissão, seus desafios e polêmicas.

Anúncios

Publicado em 18 de fevereiro de 2016, em Cine Express e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Vendas Digitais

Curta, compartilhe e deixe seu e-mail

Contos Noturnos

Contos da amante noturna

Ste

Aqui você vai encontrar sobre um pouco de tudo, principalmente livros. Conte com nossa sincera opinião sobre os livros, as séries e os filmes resenhados e citados.

Pão de Canela e Prosa

Onde as palavras têm sabor

marisbookshop

pensamentos de uma jovem.

Cara de Cotia

Meio divertida, por vezes filosófica, sempre confusa!

Meuus Fatos

literatura, resenhas , textos escritos por mim é indicações de livros.

Reclusidades Diárias

Esses são os meus olhos e com eles eu vejo o mundo. Quer ver comigo?

Eu, nós dois e todo mundo

Sobre amor e falta dele, otimismo, utopia e desconforto. Uma caricatura de pós-moderno em um mundo todo louco.

TraduQ

ideias e escritos traduzindo-nos

Desajustado

As (des)vantagens de ser!

%d blogueiros gostam disto: