Planetoide Ceres brilha luzes da cidade em pleno espaço sideral

Ceres-Occator-lights

O planetoide Ceres, localizado em meio ao cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter, está brilhando para a fama. Mas seu brilho lembra cidades no espaço sideral. Como assim? Enquanto brilha sem parar, a polêmica do planetoide investigado pela Nasa continua. Para desvendar os mistérios do planetoide, a Nasa direcionou a sonda Dawn, lançada em 2007, com o objetivo de orbitar, registrar em fotos e estudar os asteroides Vesta e Ceres. Na passagem por Vesta, não havia nada incomum. Entretanto, ao apontar as lentes para Ceres, as fotos resultantes chamaram a atenção do mundo inteiro. Dois pontos de luz foram identificados, meses atrás, na superfície do planetoide, sem qualquer explicação razoável sobre as causas dos tais pontos. Os cientistas se dividiram nas opiniões sobre as causas. Pesquisadores independentes e ufólogos foram mais longe nas conjecturas. Para eles, as luzes seriam a prova de atividade extraterrestre, em nosso próprio Sistema Solar. Mas as imagens ainda estavam muito fora de foco para chegar a qualquer conclusão científica. Agora, a sonda Dawn chegou mais perto. Suas fotos mais recentes jogam mais combustível na polêmica. A primeira imagem vista acima foi divulgada pela Nasa (Para acessar a fonte da imagem, clique aqui). Trata-se das luzes na superfície de Ceres. As luzes sugerem cidades, estradas, muralhas e torres. O problema é que tudo isso encontra-se no planetoide do Cinturão de Asteroides. A imagem logo abaixo mostra as luzes da cidade de Las Vegas, em meio ao deserto de Nevada, dos Estados Unidos, vistas do espaço, a título de comparação. A conclusão possível está mais próxima das conjecturas dos ufólogos do que qualquer teoria dos respeitados cientistas, inclusive da equipe da Nasa.

A sonda continua seu caminho em direção a Ceres. Em outra imagem intrigante, ficou evidente uma montanha muito alta, em forma de pirâmide. Mais imagens mostram as mesmas luzes vistas enquanto o planetoide encontra-se na sombra do sol, ou seja, de noite. O que desmente a hipótese de que o brilho seria resultante do reflexo do sol em algum material refletivo, brilhante ao sobre a água em estado líquido. A sonda também registrou outros pontos de luz espalhados pela superfície. Enquanto não temos respostas, as imagens dão asas a imaginação. Mas a viagem da sonda continua em direção ao planetoide e a possível explicação para esse mistério, ou não. Como diria Carlos Drummond, tinham duas luzes no meio do caminho. No meio do caminho, tinham duas luzes…

Ceres é o maior corpo celeste encontrado no cinturão de asteroides, entre as órbitas de Marte e Júpiter. Foi descoberto em 01 de janeiro de 1801, pelo astrônomo italiano Giuseppe Piazzi – inicialmente considerado um planeta, depois um asteroide e agora é designado como planeta anão ou planetoide. Por ter feito a descoberta, Piazzi propôs batizar o planetoide de  Cerere Ferdinandea. Traduzindo do latim, o nome era uma referência à deusa da agricultura Ceres e uma homenagem ao rei Ferdinando da Sicília. Mas o nome não foi aceito pela comunidade de astrônomos que simplificou para Ceres.

Anúncios

Publicado em 10 de setembro de 2015, em Giroscópico e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Livros do Coração

Resenhas de livros, filmes, teatro e cultura em geral

felicisses.wordpress.com/

Compartilhando coisas legais!

Entre nos Mundos

Compartilhando as minhas visitas em outros mundos.

Just One More

Coffee & Books

Uma borboleta leitora

Como borboletas, voamos pelas páginas dos livros...

Liberte-se.

Meu nome é Hellen, tenho 18 anos e aqui escrevo sobre coisas que me interessam.

Emilly Vass

Blog Literário

Literatura Doccar

Blog Literário

Auê Cultural

A casa de todos, de todas as tribos

Vendas Digitais

Curta, compartilhe e deixe seu e-mail

Contos Noturnos

Contos da amante noturna

Ste

Aqui você vai encontrar sobre um pouco de tudo, principalmente livros. Conte com nossa sincera opinião sobre os livros, as séries e os filmes resenhados e citados.

Pão de Canela e Prosa

Onde as palavras têm sabor

marisbookshop

pensamentos de uma jovem.

%d blogueiros gostam disto: