Filme argentino Relatos Selvagens (2014) vence prêmio Platino de cinema iberoamericano 2015

Premio Platino

O Prêmio Platino, criado para dar visibilidade ao cinema iberoamericano, destacando produções dos países da América Latina, da Andorra, Espanha e Portugal, anunciou o grande vencedor de sua segunda edição, o filme argentino Relatos Selvagens (2014) que conquistou oito prêmios, entre eles, Melhor Filme, Direção e Roteiro para Damian Szifron e Atriz para Érica Rivas. Óscar Jaenada venceu como Melhor Ator por interpretar outro ator, no filme sobre a vida do clássico comediante mexicano, Cantinflas (2014). A co-produção da Venezuela e Espanha, La Distancia Más Larga (2013) venceu como Melhor Filme de Estreante. Outro destaque foi para Antônio Banderas, astro de A Pele que Habito (2011) e Amantes Passageiros (2013) que venceu um prêmio pelo conjunto da obra. O Brasil não ficou de fora da festa e conquistou dois prêmios. Melhor Animação para O Menino e o Mundo (2013) e Melhor Documentário para O Sal da Terra (2014), também indicado ao Oscar 2015. Outra animação brasileira também concorreu em sua categoria, o desenho Até que a Sbórnia nos Separe (2013), de Otto Guerra e Ennio Torresan. Além disso, a atriz Leandra Leal, concorreu como Melhor Atriz por O Lobo Atrás da Porta (2013).

O prêmio Platino foi criado no ano passado destacando o drama Gloria (2013), coprodução entre Chile e Espanha, que foi o grande vencedor com três prêmios. O Brasil foi representado pela atriz Sônia Braga, de Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976) e O Beijo da Mulher-Aranha (1985) que venceu um prêmio honorário por sua carreira, o primeiro da história do Platino. Os filmes nacionais indicados em 2014 foram a animação brasileira Uma História de Amor e Fúria, de Luiz Bolognesi e o documentário O Dia que Durou 21 Anos, de Camilo Tavares, sobre a influência do governo norte-americano no golpe militar de 1964.

Confira o trailer de Relatos Selvagens aqui. Confira o trailer de O Sal da Terra aqui.

Confira a lista completa de indicados e vencedores deste ano:

Melhor Filme
Conducta, de Ernesto Daranas (Cuba)
La Isla Mínima, de Alberto Rodríguez (Espanha)
Sr. Kaplan, de Álvaro Brechner (Uruguay/Alemanha/Espanha)
Pelo Malo, de Mariana Rondón (Venezuela/Perú/Alemanha/Argentina)
Relatos Selvagens, de Damián Szifron (Argentina/Espanha)

Melhor Direção

Alberto Rodríguez, por La Isla Mínima
Ávaro Brechner, por Sr. Kaplan
Damián Szifron, por Relatos Selvagens
Ernesto Daranas, por Conducta
Mariana Randón, por Pelo Malo

Melhor Atriz
Leandra Leal, por O Lobo Atrás da Porta
Geraldine Chaplin, por Dólares de Areia
Paulina García, por As Analfabetas
Érica Rivas, Relatos Selvagens
Laura de la Uz, Vestido de Noiva
Samantha Castillo, Pelo Malo

Melhor Ator
Benício del Toro, por Escobar: Paraíso Perdido
Jorge Perugorría, por La Pared de las palabras
Leonardo Sbaraglia, por Relatos Selvagens
Oscar Jaenada, por Cantinflas
Javier Gutiérrez, por La Isla Mínima

Melhor Documentário
O Sal da Terra, de Wim Wenders e Juliano Ribeiro Salgado (Brasil, França, Itália)
Paco de Lucia: La Búsqueda, de Francisco Sánchez Varela (Espanha)
¿Quién Est Dayani Cristal?, de Marc Silver (México/Reino Unido)
2014: Nacido em Gaza, de Hernán Zin (Espanha)
El Vals de los Inútiles, de Edison Cajas (Argentina/Chile)

Melhor Filme de Animação
Até que a Sbórnia nos Separe, de Otto Guerra e Ennio Torresan Jr (Brasil)
O Menino e o Mundo, de Alê Abreu (Brasil)
Dixie y la Rebelión Zombi, de Beñat Beitia e Ricardo Ramón (Espanha)
La leyenda de ls Momias de Guanajuato, de Alberto Rodríguez (México)
Meñique, de Ernesto Padrón (Cuba/España)
Mortadelo y Filemón Contra el Cachondo, de Javier Fesser (Espanha)

Melhor Filme de Estreante (Opera Prima)
Mateo, de María Gamboa (Colômbia/França)
10000 Km, de Carlos Marqués-Marcet (Espanha)
Ciencias Naturales, de Matías Lucchesi (Argentina/França)
La Distancia mas Larga, de Claudia Pinto (Venezuela/Espanha)
Vestido de Noiva, de Marilyn Solaya (Cuba)

Melhor Roteiro
Alberto Rodriguez e Rafael Cono, por La Isla Mínima
Mariana Randón, por Pelo Malo
Álvaro Brechner, por Sr. Kaplan
Damián Szifron, por Relatos Selvagens
Ernesto Daranas, por Conducta

Melhor Mísica Original
Gustavo Dudamel, por Libertador
Gustavo Santaolalla, por Relatos Selvagens
Adán Jodorowsky, por A Dança da Realidade
Juan A. Leyva e Magda R. Galbán, por Conducta
Julio de la Rosa, por La Isla Mínima
Roque Baños, por El Niño

Melhor Fotografia
Alberto Alejandro Pérez, por Conducta
Alex Catalá, por La Isla Mínima
Álvaro Gutiérrez, por Sr. Kaplan
Micaela Cajahuarinda, por Pelo Malo
Javier Juliá, por Relatos Selvagens

Melhor Montagem
Marité Ugas, por Pelo Malo
Pedro Suárez, por Conducta
José M. G. Moyano, por La Isla Mínima
Nacho Ruiz Capillas, por Sr. Kaplan
Damián Szifron e Pablo Barbieri, por Relatos Selvagens

Melhor Direção de Arte
Erick Grass, por Conducta
Pepe Domínguez, por La Isla Mínima
Gustavo Ramírez, por Sr. Kaplan
Matías Tikas, por Pelo Malo
Clara Notari, por Relatos Selvagens

Melhor Som
J.C. Herrera e Osmany Olivares, por Conducta
Daniel de Zayas, Pelayo Gutiérrez e Nacho Royo-Villanova, por La Isla Mínima
Fabián Oliver e Nacho Royo-Villanova, por Sr. Kaplan
Lena Esquenazi, John Figueroa, por Pelo Malo
José Luis Díaz, por Relatos Selvagens

Anúncios

Publicado em 21 de julho de 2015, em Tapete Vermelho e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Suki na Ongaku

Blog com letras de minhas músicas japonesas preferidas

Roberto Luiz Ribeiro

Poesia alternativa-marginal-independente e gratuita

A Taverna

Ficção Especulativa Brasileira e Dicas de Escrita!

Don Silvio

Comentando

Priscila.T.Therese Official

"we are lifelong learners " Nós somos eternos aprendizes "

enjuadinha

Momentos da vida

Livros do Coração

Resenhas de livros, filmes, teatro e cultura em geral

Entre nos Mundos

Compartilhando as minhas visitas em outros mundos.

Just One More

Café, Livros, Estudos e Mundo

Uma borboleta leitora

Como borboletas, voamos pelas páginas dos livros...

Liberte-se.

Meu nome é Hellen, tenho 18 anos e aqui escrevo sobre coisas que me interessam.

Emilly Vass

Blog Literário

Literatura Doccar

Blog Literário

Auê Cultural

A casa de todos, de todas as tribos

Vendas Digitais

Curta, compartilhe e deixe seu e-mail

Contos Noturnos

Contos da amante noturna

%d blogueiros gostam disto: