Arquivo diário: 12 de junho de 2015

Relembre o trailer clássico de E o Vento Levou (1939) com Clark Gable e Vivien Leigh

Relembre o trailer de O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (2001)

Relembre o trailer de Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças (2004)

As maiores histórias de amor da literatura

Grandes obras literárias trouxeram histórias de amor imortalizadas pelo tempo, envolvendo gerações de leitores, ganhando impulso com adaptações igualmente clássicas no cinema e no teatro. Conheça as maiores obras de amor da história da literatura.

01 – Romeu e Julieta (Romeo and Juliet, Ing, 1595) de William Shakespeare;

02 – Orgulho e Preconceito (Pride and Prejudice, Ing, 1813) – de Jane Austin;

03 – E o Vento Levou (Gone With the Wind, Eua, 1936) de Margaret Mitchell;

04 – O Conde de Monte Cristo (Le Comte de Monte-Cristo, Fra, 1846) de Alexandre Dumas;

05 – Anna Karenina (Anna Karenina, Rus, 1877) de Liev Tolstói;

Leia o resto deste post

Melhores Filmes de Romance da Sétima Arte

Top Romances

Nos últimos anos, o gênero de romance precisou se adaptar para uma visão mais cosmopolita e a inclusão da novo contexto da mulher na sociedade atual, mais ativa, irônica, protagonista, independente e sem viver à espera de príncipes encantados, com menos ilusões e menos fragilidades. Conheça os maiores filmes de romance dos últimos tempos. Encontre a lista completa aqui.

01 – Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças (Eternal Sunshine of the Spotless Mind, 2004). De Michel Gondry. Com Jim Carrey, Kate Winslet e Kirsten Dunst. Um homem magoado pela ex-namorada ter realizado um procedimento para apagar o relacionamento deles da memória dela, decide adotar a mesma técnica. Mas o amor que sente começa a resistir em sua própria memória;

02 – O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (Fabuleux Destin d’Amélie Poulain, Le, Fra, 2001). De Jean-Pierre Jeunet. Com Audrey Tautou, Mathieu Kassovitz e Dominique Pinon. Uma jovem e sensível garçonete encontra uma caixinha com itens pessoais e resolve devolver ao antigo dono. Feliz em conseguir devolver a caixinha, ela decide tomar novas atitudes que influenciam a vida das pessoas ao seu redor;

03 – Shakespeare Apaixonado (Shakespeare in Love, 1998). De John Madden. Com Gwyneth Paltrow, Joseph Fiennes e Colin Firth. Shakespeare sofre um bloqueio criativo para escrever sua próxima peça, enquanto enrola seus patrocinadores. É quando conhece a bela Lady Viola e resolve escrever uma peça sobre seu amor proibido e secreto;

04 – Moulin Rouge – Amor em Vermelho (Moulin Rouge, 2001). De Baz Luhrmann. Com Ewan McGregor, Nicole Kidman e Richard Roxburgh. Christian chega a Paris com a ambição de se tornar um grande escritor. É quando conhece e se apaixona pela bela cortesã, Satine. Um duque resolve financiar a sua peça, mas exige, em troca, exclusividade sobre a cortesã;

05 – Wall-E (Wall-E, 2008). De Andrew Stanton. Animação. Um robô catador de lixo é o único em funcionamento na Terra do ano 2700 e continua sua rotina de empilhar lixo. Os humanos abandonaram o planeta que virou um caótico depósito acumulado de lixo. A rotina do robô é alterada com a chegada de Eva e nasce uma improvável história de amor que pode influenciar o rumo da própria raça humana;

Leia o resto deste post

Melhores Romances Clássicos da Sétima Arte

Top Class Romance

Muitas histórias de amor renderam grandes filmes, além de sucessos de bilheteria e crítica. No dia dos namorados, conheça os maiores filmes de romance clássicos da história da Sétima Arte. Encontre a lista completa aqui.

 01 – …E o Vento Levou (Gone With the Wind, 1939). De Victor Fleming. Com Vivien Leigh, Clark Gable e Olivia de Havilland. Uma jovem rica e mimada, acostumada a ter tudo o que quer, confronta as dificuldades da vida após perder tudo durante a devastadora Guerra Civil norte americana;

 02 – Cantando na Chuva (Singin’ in the Rain, 1952). De Gene Kelly, Stanley Donen. Com Gene Kelly, Donald O’Connor e Debbie Reynolds. Na transição do cinema mudo para o falado, muitas carreiras de sucesso conhecem o fracasso. Um talentoso dançarino busca adaptar-se aos novos tempos, enquanto tenta ajudar a sua amada;

 03 – Luzes da Cidade (City Lights, 1931). De Charles Chaplin. Com Charles Chaplin, Harry Myers e Virginia Cherrill. Um dos grandes clássicos imortais do Chaplin. Um vagabundo apaixonado pela florista cega é confundido, por acaso, com um milionário e aproveita a situação para conquistar sua amada;

 04 – A Rosa Púrpura do Cairo (Purple Rose of Cairo, The, 1985). De Woody Allen. Com Jeff Daniels, Danny Aiello e Mia Farrow. Durante a grande depressão econômica norte americana, jovem garota vive assistindo o mesmo filme no cinema até chamar a atenção do astro do filme que, literalmente, sai da tela para viver um romance com a garota;

 05 – A Dama e o Vagabundo (Lady and the Tramp, 1955). De Clyde Geronimi, Wilfred Jackson, Hamilton Luske. Animação. Uma cachorrinha de classe chamada Lady se sente abandonada pelos donos quando eles têm um bebê e acaba se envolvendo com um cachorro de rua conhecido como Vagabundo;

Leia o resto deste post

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

O Tudo

Para conhecer diversas curiosidades sobre tudo

Suki na Ongaku

Blog com letras de minhas músicas japonesas preferidas

Roberto Luiz Ribeiro

Poesia alternativa-marginal-independente e gratuita

A Taverna

Histórias fantásticas e Dicas de Escrita!

Don Silvio

Comentando

Codéx Secreto Blog

"we are lifelong learners " Nós somos eternos aprendizes "

enjuadinha

Momentos da vida

Livros do Coração

Resenhas de livros, filmes, teatro e cultura em geral

felicisses.wordpress.com/

UM POUCO SOBRE LIVROS, FILMES, SÉRIES E ASSUNTOS ALEATÓRIOS

Uma borboleta leitora

Como borboletas, voamos pelas páginas dos livros...

Liberte-se.

Meu nome é Hellen, tenho 18 anos e aqui escrevo sobre coisas que me interessam.

Emilly Vass

Blog Literário

Literatura Doccar

Blog Literário

Auê Cultural

A casa de todos, de todas as tribos

Contos Noturnos

Contos da amante noturna