Maurício de Souza zera todas as suas revistas e passa a creditar seus autores

monica01

Numa estratégia semelhante a das grandes editoras norte americanas de quadrinhos, a Marvel Comics e a DC Comics que, ultimamente, vivem uma crise nas infinitas crises e precisam, de tempos em tempos, recriar seus universos e zerar suas revistas, como está acontecendo agora com ambas as editoras nos EUA, a Editora Maurício de Souza, juntamente com a Panini Comics, decidiu zerar as revistas da Turma da Mônica. Títulos tradicionais como “Mônica”, “Cebolinha”, “Magali”, “Cascão” e “Chico Bento” voltarão ao número 1, esse mês. Talvez, o principal objetivo de adotar essa estratégia nas terras tupiniquins, seja o de alterar a maneira como os artistas são destacados nos quadrinhos de Maurício de Souza, até então, listados no final de cada revista, na página de expediente. Portanto, os desenhistas, roteiristas e arte finalistas serão creditados no início de cada história numa ação que deve ser celebrada. Um passo importante, assumido pelas duas editoras nacionais, atendendo uma reivindicação antiga dos artistas. Segundo a Panini, os créditos serão incluídos nas revistas de forma gradativa.

Ao longo de décadas, as revistas da Mônica e sua turma não creditavam seus autores. A única assinatura das histórias era a do próprio Maurício de Souza, como se ele pessoalmente escrevesse e desenhasse todas as histórias. Como uma grife. Foi assim, bem no início, mas com o tempo e a diversidade das revistas, Maurício precisou organizar um estúdio de produção e contratar diversos novos talentos. As revistas já foram publicadas pela Editora Abril, depois Globo. Desde 2007, a editora responsável por publicar os títulos de Maurício de Souza é a editora italiana Panini. Como as revistas são dirigidas para um público essencialmente infantil, Maurício de Souza adotou antes, a mesma postura da Editora Disney com seu universo de Patópolis que reune Mickey, Donald, Tio Patinhas e outros. Na Disney, os artistas também não são creditados.

Essa mudança de paradigma da Maurício de Souza Produções, de creditar seus autores, começou com a publicação de edições especiais como o MSP 50, MSP +50 e na série recente de Graphic Novels MSP que se mostrou um grande sucesso com a releitura dos personagens clássicos da editora, através da interpretação livre de diversos artistas. A mudança de creditar autores, no entanto, do ponto de vista das histórias, não muda nada. Ao contrário das grandes editoras norte americanas em que as revistas em quadrinhos dos super heróis, com o passar do tempo, formam um grande novelão na qual histórias passadas influenciam histórias futuras, a linguagem simplista das revistas da Turma da Mônica não apresenta elementos como cronologia e continuidade. Portanto, o fato de todas as revistas do estúdio recomeçarem do número 1, não influenciam as histórias da turma do bairro do Limoeiro.

Outras mudanças da editora nas novas revistas são estéticas. Novas logomarcas e um selo que marca os 80 anos de Mauricio de Sousa estão entre as novidades. Com as ações, a editora ganha espaço na mídia sobre a notícia de zerar as revistas e desperta o interesse do público para iniciar novas coleções de revistas. Em todos os aspectos, a editora ganha com isso. Não surpreenderá, se essa estratégia virar rotina a cada década. As novas edições já estão disponíveis nas bancas de todo o Brasil.

Anúncios

Publicado em 13 de maio de 2015, em QG HQ e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Suki na Ongaku

Blog com letras de minhas músicas japonesas preferidas

A Taverna

Histórias fantásticas e Dicas de Escrita!

Don Silvio

Comentando

Priscila.T.Therese Official

"we are lifelong learners " Nós somos eternos aprendizes "

enjuadinha

Momentos da vida

Livros do Coração

Resenhas de livros, filmes, teatro e cultura em geral

felicisses.wordpress.com/

Compartilhando coisas legais!

Entre nos Mundos

Compartilhando as minhas visitas em outros mundos.

Just One More

Café, Livros, Estudos e Mundo

Uma borboleta leitora

Como borboletas, voamos pelas páginas dos livros...

Liberte-se.

Meu nome é Hellen, tenho 18 anos e aqui escrevo sobre coisas que me interessam.

Emilly Vass

Blog Literário

Literatura Doccar

Blog Literário

Auê Cultural

A casa de todos, de todas as tribos

Vendas Digitais

Curta, compartilhe e deixe seu e-mail

Contos Noturnos

Contos da amante noturna

%d blogueiros gostam disto: