Acordo da Ancine limita número de salas de cinema para megalançamentos

orbit

O filme Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1 foi lançado no Brasil, em novembro passado, em cerca de 1400 salas ao mesmo tempo. Foi um recorde na quantidade de salas de um único filme e quase a metade das salas do país. Filmes como Crepúsculo, Transformers, Vingadores e O Hobbit seguiram o mesmo caminho. Como fruto de campanhas de marketing poderosas e ostensivas dos filmes, as facilidades da digitalização das salas de cinema, o público ansioso para conferir os mega lançamentos, as redes exibidoras de cinema buscavam potencializar os lucros multiplicando a quantidade de salas para um mesmo filme. Mas essa situação vai perder força a partir de 2015. A Agência Nacional de Cinema – Ancine estabeleceu um acordo entre as empresas envolvidas na indústria de cinema do Brasil, para limitar a quantidade máxima de salas para exibir cada filme nas redes multiplex. Os representantes assinaram um Termo de Compromisso para viabilizar esses limites.

A prática predatória de investir muitas salas simultâneas para o mesmo filme limita a concorrência e a diversidade dos lançamentos, reduz espaço para filmes “menores”, reduz o poder de escolha do espectador, na quantidade de opções de filmes em cartaz. Com isso, as produções com menor força do marketing, o cinema independente e os filmes nacionais perdem terreno e são atropelados no processo. No passado, com os vários rolos de película de cada obra, os filmes eram lançados em etapas. Primeiro, em algumas capitais, depois em outras e mais outras. Hoje, com a maior parte das salas de cinema digitalizada, um mesmo filme poderia ocupar todas as salas do país ao mesmo tempo, se quisessem. Com o objetivo de reduzir essa prática predatória e garantir espaço para mais filmes em cartaz, a Ancine adotou essa iniciativa em dezembro passado e com sucesso. O termo de compromisso já foi assinado por 23 empresas exibidoras e seis distribuidoras brasileiras, segundo dados da Ancine. Os limites do acordo estabelecem que um complexo com 2 a 6 salas, só podem concentrar 2 salas com o mesmo filme. De 9 a 11 salas, podem concentrar 3 delas. De 12 a 14 salas, podem concentrar 4 delas. A partir de 15 salas, o teto é cinco salas por lançamento. Filmes vindouros como Vingadores – A Era de Ultron e Star Wars – O Despertar da Força já vão sentir a diferença em suas estreias. Entretanto, outros filmes poderão ser lançados com mais facilidade, na mesma ocasião. Com isso, ganha o consumidor e espectador de cinema. Ponto para a Ancine pela iniciativa.

Anúncios

Publicado em 22 de abril de 2015, em Panorama e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

O Tudo

Para conhecer diversas curiosidades sobre tudo

Suki na Ongaku

Blog com letras de minhas músicas japonesas preferidas

Roberto Luiz Ribeiro

Poesia alternativa-marginal-independente e gratuita

A Taverna

Histórias fantásticas e Dicas de Escrita!

Don Silvio

Comentando

Codéx Secreto Blog

"we are lifelong learners " Nós somos eternos aprendizes "

enjuadinha

Momentos da vida

Livros do Coração

Resenhas de livros, filmes, teatro e cultura em geral

Uma borboleta leitora

Como borboletas, voamos pelas páginas dos livros...

Liberte-se.

Meu nome é Hellen, tenho 18 anos e aqui escrevo sobre coisas que me interessam.

Emilly Vass

Blog Literário

Literatura Doccar

Blog Literário

Auê Cultural

A casa de todos, de todas as tribos

Contos Noturnos

Contos da amante noturna

%d blogueiros gostam disto: